Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
De volta à natureza

Tamanduá bandeira salvo no HV da UniFil volta para vida livre numa reserva

Redação Bonde
09 fev 2024 às 11:45
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um tamanduá bandeira que foi cuidado no HV (Hospital Veterinário) da UniFil  foi solto em uma área de reserva nesta quarta-feira (7). O animal foi resgatado no município de Venceslau Braz no Interior do Paraná, a espécie atualmente está em extinção e é rara no território do estado.


O animal foi levado ao HV na primeira semana de janeiro em estado grave com fratura no rabo e exposição óssea, perfurações no tórax e outros ferimentos pelo corpo. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


"Provavelmente foi atacado por cães, estava desidratado e desnutrido, bem caquético. Precisou de cirurgia e cuidados intensivos. Exigiu muito empenho da equipe para salvá-lo" - diz a médica veterinária Daniele Martina, coordenadora do HV.

Leia mais:

Imagem de destaque
PRAZO DE 10 MESES

Obras de construção da UPA zona sul começaram; previsão de entrega é novembro

Imagem de destaque
CONJUNTO CAFEZAL

Trecho com erosão na Estrada da Pedreira é interditado pela Prefeitura de Londrina

Imagem de destaque
JOVEM TINHA 14 ANOS

Morte de adolescente por suspeita de dengue é investigada em Londrina

Imagem de destaque
0,03% não têm água

Censo 2022: 7,44% dos domicílios de Londrina ainda usam buraco ou fossa como esgotamento

 

Publicidade

Martina comenta que em 10 anos apenas quatro animais foram cuidados pelo HV  e que além do tratamento para curar a fratura e demais ferimentos, a equipe teve que adaptar a alimentação. "Normalmente o tamanduá come formigos e cupins, mas não tínhamos como capturar o suficiente para alimentá-lo durante o tratamento. Superamos a dificuldade com outras comidas".


Solto em uma área sigilosa para evitar riscos o tamanduá segue agora livre pela natureza e podendo desfrutar de sua vida como antes, sem nenhum ferimento ou dano.


Imagem
Lontra Ariel e Loba-Guará Tangerina são as novas moradoras do Refúgio Biológico da Itaipu
O plantel do Refúgio Biológico Bela Vista (RBV), mantido pela Itaipu Binacional, ganhou dois novos filhotes. Em dezembro de 2023, a loba-guará Tangerina e a lontra Ariel se juntaram aos cerca de 350 animais


Imagem
Cabras parecem conseguir distinguir emoção na voz humana
As altamente vocais cabras parecem conseguir distinguir emoção na voz humana, segundo estudo publicado na última terça-feira (30), na revista Animal Behaviour.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade