Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Moradia estudantil

Vereadores pedem acordo entre invasores e UEL

Redação Bonde
18 jun 2009 às 21:21
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Três estudantes que acupam irregularmente prédio alugado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) foram até a Câmara Municipal pedir ajuda dos vereadores. Eles alegam que foram oferecidas menos vagas na recém inaugurada Casa dos Estudantes, localizada no campus universitário.

O prédio alugado pelo UEL abrigava pouco mais de 100 alunos. Apenas 80 mudaram-se para a Casa. "Não temos para onde ir. A UEL não quer negociar com a gente", disse Eduardo Martins, estudante de pós-graduação.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Ele é um dos 40 alunos da instituição que não conseguiram moradia na Casa do Estudante se negam a deixar o estabelecimento locado pela UEL. A Justiça já determinou a desocupação do imóvel e aplicou multa diária. Estudantes bloquearam as portas e janelas do prédio com madeira.

Leia mais:

Imagem de destaque
Desencantou

Londrina faz 2 a 0 no ABC e conquista primeira vitória na Série C

Imagem de destaque
Obituário

Falecimentos dos dias 10 e 11 de maio de 2024 em Londrina e região

Os irmãos Gregório (esq.), Élio (centro) e Custódia em um fim de ano em Criciúma (SC)
Ele pediu ajuda pelo Instagram

Após três dias sem notícia, moradora de Londrina consegue contato com irmão em abrigo no RS

Imagem de destaque
Até a próxima semana

Defesa Civil de Londrina suspende recebimento de doações para o Rio Grande do Sul


Durante a sessão da Câmara, o vereador Tito Valle (PMDB) apresentou ofício à Universidade para que as partes cheguem a um acordo pacífico, sem uso da força policial. "Eles têm direito de cidadania e de reivindicação política. Acho fundamental um bom senso nesta questão", disse. Além do peemedebista, assinaram o ofício o presidente da Câmara, Padre Roque (PTB), e Lenir de Assis (PT). (Com informações da Rádio CBN Londrina)


Notícia relacionada:

Estudantes pedem prazo para deixar moradia da UEL


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade