Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
PROTESTO

Vizinhos do Aeroporto de Londrina estão indignados com transtornos provocados por obras de ampliação

Pedro Marconi - Grupo Folha de Londrina
19 fev 2024 às 15:44
- Pedro Marconi/Folha de Londrina
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Sacos pretos nos portões das casas, faixas destacando a indignação fincadas na praça Nishinomiya, mas que têm sido arrancadas por terceiros. É assim que os moradores dos jardins Aeroporto e Albatroz têm protestado contra os transtornos gerados pelas obras de ampliação do aeroporto Governador José Richa, na zona leste de Londrina. “Nós estamos ‘dentro da obra’. É insustentável”, definiu a advogada Valeria Cristina dos Santos.


Os vizinhos listam uma série de problemas que estariam sendo provocados pelas melhorias e sem mitigação, como a falta de lona nos caminhões carregados com terra, a sujeira deixada nas ruas do entorno, terra indo para a rede de galerias pluviais, poluição sonora, inexistência de muro de contenção para “segurar” o aterramento em dias de chuva e o mato alto nas áreas desapropriadas.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Na semana passada, a água barrenta invadiu a casa de um homem em forma de enxurrada. Ele perdeu objetos e o piso laminado, que ficou encharcado. “Existem casas que estão apresentando rachaduras, com fissuras em paredes, no teto. Tem gente que conseguiu fazer laudo, mas não são todos que têm essa condição”, comentou a biomédica Jenny dos Santos Dafonte.

Leia mais:

Imagem de destaque
Coleta seletiva

Ainda sem acordo, contrato entre a CMTU e sete cooperativas vence nesta quarta em Londrina

Imagem de destaque
Com 1,6 mil vagas no início

Multinacional indiana TCS anuncia expansão de centro de entregas em Londrina

Imagem de destaque
Arena estava lotada

Chuva não impediu Ana Castela de brilhar em show no último dia de ExpoLondrina

Imagem de destaque
Salários atrativos

Candidatos fazem prova de concurso público estadual em Londrina


O poeirão é outro alvo de reclamação. “As pessoas estão ficando doentes com a poeira. Até o ar está carregado. Quando não chove é possível ver as partículas de terra. Está difícil até de contratar alguém para limpar, porque limpa de manhã, a tarde está tudo sujo novamente. Roupa tem horário para colocar no varal. É um bairro onde vivem muitos idosos”, contaram. As duas são integrantes da associação dos moradores.


Em algumas residências os proprietários estão colocando lonas no piso interno para evitar a sujeira. “Queremos respeito e que seja cumprido o que está no contrato. Existe um documento falando das medidas (a serem adotadas) no entorno, justamente para diminuir os transtornos. O caminhão com terra, por exemplo, precisa estar com lona de proteção e isso não acontece”, apontou Valéria.


CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA

Imagem
Moradores cobram medidas para mitigar transtornos de obras no aeroporto
Vizinhos de bairros do entorno colocaram sacos pretos nas casas e instalaram faixas em praça como protesto; CCR diz que segue normativas
Imagem
Concurso da prefeitura de Londrina divulga cargos e banca organizadora
O concurso da prefeitura de Londrina definiu os cargos que estarão no certame e a organizadora.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade