Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Umuarama

Educadores limpam e cozinham para manter escola

Redação Bonde
20 abr 2007 às 13:14
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O que era para ser tarefa de servidores escolares se tornou papel de diretora e professores numa escola do Paraná, que para manter o andamento da instituição, educadores passaram a lavar louça, varrer salas de aula e até preparar a merenda, para atender os alunos. As aulas já não começam mais no horário.

O quadro de funcionários do Colégio Estadual San Remo, em Umuarama, estaria deficitário desde o início do ano, mas se agravou na sexta-feira (13), quando uma das merendeiras conseguiu a aposentadoria e pediu demissão do serviço.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


A diretora do Colégio, Célia Biasuz, já teria levado o problema ao conhecimento do núcleo regional de educação do município.

Leia mais:

Imagem de destaque
2.250 campos de futebol

Paraná reduziu desmatamento em 78% em 2023, aponta Fundação SOS Mata Atlântica

Imagem de destaque
Placas 5 e 6 nesta terça

Vence nesta quarta a última parcela do IPVA 2024 para veículos com final de placa 7 e 8

Imagem de destaque
Tempo indeterminado

Greve na Renault do Paraná paralisa a produção de 7.200 carros

Imagem de destaque
Tratamento e recuperação

Animais feridos recuperados pela Itaipu serão devolvidos à natureza

O colégio - que trabalha em três períodos e atende 400 estudantes da quinta série do ensino fundamental até o terceiro ano do ensino médio - estaria também sem porteiro, comprometendo a segurança dos alunos - já que a entrada e saída de pessoas na escola não estão sendo controladas.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade