12/05/21
PUBLICIDADE
Fiscalização e Denúncia

Instituto de Água e Terra orienta como fazer denúncias de crimes ambientais

Divulgação/ IAT
Divulgação/ IAT


O Instituto Água e Terra (IAT), vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, fiscalizou na última semana duas denúncias publicadas na internet sobre poluição. As situações chamaram a atenção por terem bastante repercussão nas redes sociais.


Uma das publicações associou a mortandade de peixes no Rio Tibagi, nos Campos Gerais, à grande quantidade de algas em um ponto onde ocorre a prática de rafting. O Escritório Regional de Ponta Grossa recebeu a denúncia e enviou seu corpo técnico para verificar a situação.

Ficou constatado que a presença de algas a que se refere a publicação se deve a um problema ocasionado em agosto do ano passado por uma enchente. O Rio Tibagi foi encontrado dentro da sua normalidade pelos técnicos do IAT. A fiscalização aconteceu em água e com reforço aéreo.

Outro caso repercutido nas redes sociais foi no Rio Virmond, no Centro-Sul do Estado. O vídeo postado nas redes sociais mostra a água vermelha e a compara à cor de sangue. A denúncia chegou ao conhecimento do IAT por parte da Prefeitura de Virmond, através da Coordenação Estadual de Acidentes Ambientais.

A fiscalização apontou que se tratava de tinta, derramada de forma acidental por um funcionário de uma empresa. Segundo informações repassadas ao IAT, o produto tinha composição à base de água e, portanto, foi diluído sem prejuízos ao meio ambiente.

De acordo com os relatórios apresentados pelos técnicos que verificaram as denúncias, ambas as situações não implicaram danos ambientais.

"Nos dois casos, os fiscais dos Escritórios Regionais foram até os locais para verificar as possíveis causas e autuações, no caso de crimes ambientais. Porém, nenhuma das situações relatadas nas publicações se concretizou”, afirmou José Adailton Caetano, responsável pela Coordenação Estadual de Acidentes Ambientais.

DENÚNCIAS – A orientação é que ao se deparar com alguma situação suspeita, como peixes sem vida em rios, a denúncia seja feita diretamente ao órgão ambiental para as devidas providências. Os relatos devem ser encaminhados para ao e-mail [email protected]

Além disso, é possível acionar o Escritório Regional do IAT mais próximo. O instituto possui 21 escritórios no Estado que são responsáveis por fiscalizar e aplicar autuações previstas na legislação de crimes ambientais de maneira regionalizada.
AEN
PUBLICIDADE
Continue lendo
Recomendação da Anvisa

Saúde suspende vacinação com o imunizante da AstraZeneca em gestantes

11 MAI 2021 às 18h35
Operações violentas

Polícia pode entrar em casas para perseguir fugitivo, mas só se tiver indícios

11 MAI 2021 às 17h45
Representatividade

Maringá organiza live de enfrentamento à LGBTFOBIA na próxima segunda (17)

11 MAI 2021 às 17h14
Desligamento Incentivado

Telefônica e sindicatos negociam desligamento de funcionários da Vikstar em Londrina

11 MAI 2021 às 16h55
Após tragédia em SC

Vereadora propõe criação de programa de defesa pessoal para os professores de Londrina

11 MAI 2021 às 16h21
CPI da Covid

Presidente da Anvisa confirma que Saúde sabia que máscaras distribuídas eram impróprias

11 MAI 2021 às 16h08
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados