Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Lacre de radares foi legal, informa Inmetro

Redação - Bonde
14 jan 2004 às 20:06
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Os oito radares controladores de velocidade lacrados em Curitiba pelo Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem) não poderão ser acionados até que a empresa Consilux, responsável pela operação, receba autorização do instituto para retirar os lacres. Os equipamentos foram interditados terça-feira por não estarem instalados de acordo com as exigências do Inmetro.

Em correspondência enviada à URBS, o diretor de Metrologia Legal do Inmetro, Roberto Guimarães, endossou a ação do Ipem: "As interdições procedidas em instrumentos de medição que, comprovadamente, foram instalados em desacordo com a Portaria de Aprovação de Modelo encontram guarida nos procedimentos de fiscalização prescritos na legislação metrológica".

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Diante da posição do Inmetro, a diretoria técnica do Ipem enviou nesta quarta-feira correspondência à Consilux informando os locais onde os equipamentos foram lacrados e sugerindo a correção das irregularidades para que os aparelhos voltem a funcionar normalmente.

Leia mais:

Imagem de destaque
Spikevax

Paraná recebe primeiro lote com 136.800 doses da vacina atualizada da Covid-19

Imagem de destaque
S. José dos Pinhais

Trabalhadores da Renault em fábrica no Paraná entram em greve

Imagem de destaque
Região

Motor de caminhão pega fogo quando trafegava na PR-092 em Siqueira Campos

Imagem de destaque
Confuso

Motorista se envolve em acidente, mas não sabe como ocorreu em Bela Vista do Paraíso


Terminada a operação, e com base nas irregularidades encontradas, será lavrado um auto de infração único, com o total de anormalidades reunidas em um só processo, explica ainda Leonaldo Paranhos.

Fonte: Agência Estadual de Notícias (AEN)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade