Pesquisar

Canais

Serviços

Isaac Fontana/FramePhoto/Folhapress
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Acidente foi em setembro

Mulher que morreu atingida por agressor de cinegrafista é enterrada em Cambé

Rafael Machado - Grupo Folha
28 out 2021 às 18:05
Continua depois da publicidade
Um misto de dor, saudade e revolta tomou conta do sepultamento da operadora de caixa Ana Cláudia Gil Mendes, 33, vítima de acidente de trânsito no centro de Londrina no final de setembro. 


Após quase um mês internada na Santa Casa, ela morreu na noite da última terça-feira (26). O enterro aconteceu na tarde desta quinta (28) em um cemitério de Cambé.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Ana e o marido estavam de moto quando foram atingidos pelo carro de João Rubens Rodrigues Coloniezi, filho do ex-prefeito de Ibiporã, João Coloniezi. 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Por ter batido a cabeça contra o chão, ela foi encaminhada em estado gravíssimo para o hospital. No período que ficou na UTI, o quadro de saúde não apresentou melhoras.


O motorista permaneceu no local e protagonizou uma confusão. Ele empurrou e agrediu um repórter cinematográfico de uma emissora de TV local que cobria o acidente. Afastado do trabalho por três meses, o funcionário aguarda cirurgia. 


Continue lendo em Folha de Londrina



Continue lendo