23/09/20
°/°
PUBLICIDADE
Prevenção

Parceria entre órgãos estaduais produzirá 500 mil máscaras

Parceria entre a Secretaria de Estado da Saúde, por meio do Complexo do Hospital do Trabalhador, a Polícia Militar e a Defesa Civil vai permitir a confecção mensal de meio milhão de máscaras cirúrgicas para ajudar na prevenção ao coronavírus no Paraná.

Geraldo Bubniak/AEN
Geraldo Bubniak/AEN


A produção começou nesta sexta-feira (27) e envolve duas frentes de trabalho. Voluntárias da LBV (Legião da Boa Vontade) estão concentradas em suprir a necessidade do Complexo do Hospital do Trabalhador, estimada em 20 mil a 30 mil máscaras por mês.

A produção ganha escala com a entrada da AVM (Associação da Vila Militar). A fábrica instalada dentro do complexo em Curitiba conta com 60 funcionários civis que estavam em férias coletivas como forma de controle à circulação do vírus. O grupo, que normalmente é responsável pela confecção de uniformes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e escolas militares, foi recrutado novamente para colaborar com a força-tarefa. O trabalho é voluntário.

"É mais uma ótima ideia que surge neste momento de crise. Demonstra que todos os paranaenses estão unidos em torno de um bem maior, que é fazer com que essa pandemia tenha o mínimo de reflexos possíveis no Estado”, destacou o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

CARACTERÍSTICAS

Idealizador do projeto, o diretor-superintendente do Hospital do Trabalhador, Geci Labres de Souza Júnior, ressaltou a qualidade da produção local, além do custo infinitamente menor ao que vem sendo cobrado no mercado.

Segundo ele, as máscaras são feitas de TNT (Tecido Não Tecido), chamado SMS (Spunbond-Meltblow-Spunbond), utilizado comumente nas embalagens de materiais para esterilização usados em procedimentos cirúrgicos. A parte interna, que fica em contato com a pele, é 100% polipropileno, material com eficiência de filtração bacteriana e viral.

O diretor explicou que com a diminuição do número de cirurgias devido o cancelamento das ações chamadas eletivas, aquelas sem urgência, apenas o Complexo do Hospital do Trabalhador tem estoque de tecido para produzir 100 mil máscaras. "É uma máscara de muita qualidade. Sou cirurgião e as que recebo, mesmo em hospitais particulares, são piores”, afirmou.

Ele reforçou que o custo de cada peça é estimado de R$ 0,07 a R$ 0,10. "Fiz uma cotação recente e cada máscara, para importar da China, não sai por menos de R$ 1,32”, disse Souza Júnior.

De acordo com a Anvisa, a máscara deve ser confeccionada em material tecido-não tecido (TNT), possuir no mínimo uma camada interna e uma camada externa e, obrigatoriamente, um elemento filtrante.

ASSOCIAÇÃO MILITAR

Presidente da Associação da Vila Militar, o coronel Washington Alves da Rosa reforçou que os funcionários que voltaram à ativa para ajudar na confecção dos produtos não são do grupo de risco do coronavírus. Além disso, destacou, se prontificaram imediatamente a colaborar de forma voluntária.

"Essa fábrica existe há 50 anos e todos se colocaram à disposição para enfrentar essa pandemia”, afirmou. Além das máscaras, a fábrica da Vila Militar está concentrada na produção de aventais para o Hospital da Polícia Militar.

DISTRIBUIÇÃO

A Defesa Civil do Paraná, por sua vez, fará a distribuição das peças pelo Estado, seguindo diretrizes da Secretaria da Saúde. A entidade ajudou também na articulação entre o Hospital do Trabalhador e a Associação da Vila Militar.

"Estamos ajustando a produção de acordo a demanda, depois de treinar as costureiras”, explicou o tenente-coronel Fernando Schunig, coordenador estadual da Defesa Civil.
AEN-PR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Entenda o imbróglio
Prefeitura tenta derrubar liminar que reabriu bares em Londrina
23 SET 2020 às 16h24
Plenário
Senado aprova recriação do Ministério das Comunicações
23 SET 2020 às 15h47
Missão Artemis 3
Nasa anuncia programa para levar primeira mulher à Lua em 2024
23 SET 2020 às 15h38
Crise
Desemprego aumentou 27,6% em quatro meses de pandemia, diz IBGE
23 SET 2020 às 15h24
Previdência Social
Justiça Federal suspende trabalho presencial de médicos do INSS
23 SET 2020 às 14h45
Anteprojeto
Câmara instala comissão para reformar Lei da Lavagem de Dinheiro
23 SET 2020 às 14h32
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados