Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Toledo

Médium que desfazia magia é preso por crime sexual

Redação Bonde
20 nov 2007 às 09:00
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Polícia Civil de Toledo (Oeste do Estado) cumpriu nesta segunda-feira 10 mandados judiciais, entre prisões temporárias e de busca e apreensão, contra uma suposta quadrilha que lesava financeiramente e abusava sexualmente de vítimas para ''desmanchar trabalhos de magia negra''. Foram presos o ''médium'' Abrilino Domingos Fross, 56 anos, e mais três pessoas ligadas a ele. Com o grupo, os policiais apreenderam carros importados, R$ 15 mil, equipamentos eletrônicos, fichas de clientes e uma arma.

Os 25 policiais civis que participaram da ''Operação Magia Negra'' cumpriram mandados em Toledo e em São Miguel do Iguaçu. De acordo com informações da 20 Subdivisão Policial, foram presos o médium, a ex-esposa, Evani Sauer Perin Fross, 46, a atual mulher e secretária do grupo, Diana Aparecida Schunski Rocha, 26, e o auxiliar Hilário Perin, 40 anos. Abrilino e Hilário já teriam respondido a outros inquéritos por crimes sexuais e receptação no Rio Grande do Sul.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Conforme a Polícia, o grupo vinha sendo investigado desde julho de 2006. As investigações teriam confirmado que o ''médium'' cobrava valores que chegavam a até R$ 20 mil para ''desmanchar'' supostos trabalhos de magia negra. Ele se aproveitava das dificuldades vividas por quem o procurava para cobrar altos valores. A esposa do ''médium'' dizia aos clientes que a forma de atuar e expulsar os maus espíritos se dava pela corrente sanguínea.

Leia mais:

Imagem de destaque
Envenenamento

Técnica de enfermagem é condenada por tentar matar 11 recém-nascidos no RS

Imagem de destaque
Chegou na UPA sem vida

Adolescente de 17 anos é assassinado a tiros na casa do pai em Apucarana

Imagem de destaque
Estavam no pátio

Criminoso furta baterias de ônibus da Prefeitura de Arapongas e é procurado pela polícia

Imagem de destaque
Lesões nas costas, nádegas e pernas

Homem é preso por agredir esposa com uma cinta em Londrina


Algumas das ''clientes'' ouvidas pela Polícia teriam declarado que foram instigadas a manter relações sexuais com Abrilino para terem seus problemas espirituais resolvidos. Um cliente teria dito que sua esposa foi obrigada a manter relações sexuais com a esposa do médium, na presença dele.

Publicidade


Os abusos aconteciam quando as vítimas eram submetidas ao tratamento chamado de ''banho de mel''. ''Investiga-se também possível abuso sexual cometido pelo líder do grupo preso tendo como vítima uma adolescente de 13 anos. Segundo consta no inquérito policial, o médium ao descobrir que a cliente adolescente era virgem, pediu a mesma que o tocasse para adquirir conhecimento, estando o médium sem roupa'', citou a Polícia Civil.


Abrilino mantinha um site onde vendia suas obras literárias e divulgava seus trabalhos. Na página, que até ontem à tarde permanecia acessível, 51 supostos ''clientes'' de diversas cidades até do exterior relatavam as experiências que tiveram. O ''médium'' também revelava que para ''desestressar'' participava de competições de rally.


Nas buscas realizadas ontem pela Polícia foram apreendidas fotografias de Abrilino ''desmanchando'' trabalhos de magia negra, centenas de fichas de pessoas, velas queimadas, notebooks, R$ 15 mil e uma arma de fogo. Além dos mandados, a Justiça também determinou o bloqueio de contas bancárias e sequestro dos bens dos investigados que incluem duas camionetes Pajero, uma Toyota Hylux, um Troller T4, além de outros automóveis nacionais e motocicletas.

Folha de Londrina


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade