02/03/21
PUBLICIDADE
Operação Sinergia

PM realiza megaoperação para prevenir e combater o crime em todo o Paraná

Divulgação/SESP
Divulgação/SESP


A megaoperação denominada Sinergia, lançada nesta quinta-feira (26), atua em todo o Paraná e tem como foco a prevenção de crimes. A iniciativa é uma ação integrada da Polícia Militar, Polícia Civil, Receita Estadual e Guardas Municipais, além da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Receita Federal.


Aeronaves, embarcações, viaturas e motos estarão por todos os municípios promovendo patrulhamento, abordagens e fiscalizações. Em Curitiba, o lançamento ocorreu no Parque Barigui, de forma simultânea com as principais cidades do Estado.

Todo o efetivo disponível dos serviços operacionais e administrativo é empregado na operação. "É uma grande operação que envolve todas as forças de segurança do Paraná de forma integrada. Serão mais de quatro mil policiais distribuídos em todo o Paraná, porque visamos garantir segurança à população”, declarou o secretário estadual da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares.

Pela Polícia Militar, os seis Comandos Regionais do Estado atuam nas ruas e rodoviárias, centros urbanos e áreas rurais, priorizando os locais com maior tráfego de veículos e circulação de pessoas. Na faixa de fronteira, os trabalhos reúnem equipes especializadas, cães de faro e uma aeronave.

"As rodovias também são bloqueadas pela Polícias Rodoviária Federal e Rodoviária Estadual. A nossa intenção é o aumento da sensação de segurança à população e proporcionar maior proximidade com a sociedade. Com isso buscamos uma redução ainda maior dos crimes”, explicou o subcomandante-geral da Polícia Militar, coronel Hudson Leôncio Teixeira.

Rios e lagos

A PM também estará com equipes nos rios, baías e lagos, por meio de patrulhamento aquático do Batalhão de Polícia Ambiental-Força Verde. Os mais de 12 mil quilômetros de estradas estaduais contarão com reforços do Batalhão de Polícia Rodoviária, juntamente com equipes do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária. No ar, o Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) presta apoio às unidades de área da PM, para auxiliar no radiopatrulhamento, busca e outras situações.

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) distribuiu efetivos em todas as regiões do Estado. A farda camuflada da unidade estará nas ruas por meio da Companhia de Choque e da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone). A Companhia de Comandos e Operações Especiais (COE) faz um trabalho conjunto com o Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) na divisa com o Paraguai e com a Argentina.

Cães

Cães de faro de drogas são aplicados em pontos estratégicos onde há circulação de drogas e outros materiais ilícitos, além de equipes em terminais rodoviários e postos rodoviários para vistoria a veículos de transporte, como ônibus interestaduais.

Todos os locais que recebem ações ostensivas da PM foram apontados por meio de uma análise de sistemas internos de acionamentos de emergência e de registro de BOs.

Polícia Civil

Além disso, o esforço contra a criminalidade conta, ainda, com a participação da Polícia Judiciária. Para o delegado-geral da Polícia Civil do Paraná, Silvio Jacob Rockembach, além de combater o crime organizado, a operação Sinergia é um momento importante para conquistar, ainda mais, a confiança das pessoas.

"A população tem colaborado bastante com a Polícia Civil e as demais forças de segurança, e isso é muito importante no combate ao crime organizado. Vamos usar essa operação para aproximar ainda mais a Polícia Civil da população, principalmente, nesses locais onde temos altos índices de criminalidade, para que as pessoas fiquem cada vez mais à vontade para contribuir com a Segurança Pública do seu bairro”, destacou.

Curitiba

O secretário municipal de Defesa Social e Trânsito de Curitiba, Guilherme Rangel, participou do lançamento da operação Sinergia na capital. De acordo com ele, a presença integrada das forças de segurança diante da população é o diferencial da ação. "O foco da operação para a Guarda Municipal é a integração entre as forças policiais, saturando o ambiente e, por meio da presença policial nos bairros, inibir qualquer atividade criminosa”, disse.

As Guardas Municipais das demais cidades do Paraná e Receita Estadual, além das equipes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Receita Federal, também empenham estratégias e efetivos na megaoperação.

Balanço

Até às 21 horas de quinta-feira, as ações no Estado resultaram em 90 pessoas detidas, 18 adolescentes apreendidos e 40 Termos Circunstanciados lavrados. Também foram retiradas de circulação 632 quilos de maconha, 59 quilos de cocaína e sete armas de fogo. Na cidade de Toledo, uma ação do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) resultou na apreensão de um caminhão com 400 caixas de cigarros contrabandeados, causando um prejuízo de R$ 1 milhão aos contrabandistas.
AEN-PR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Aumento constante

Gasolina tem aumento de 9,7% e chega a R$ 5,49 nos postos de Londrina

02 MAR 2021 às 17h49
Suspensão do Decreto Estadual

Contrários ao lockdown, comerciantes protestam em frente ao Centro Cívico de Londrina

02 MAR 2021 às 16h17
Na PR-445

Caminhoneiros e motoristas de aplicativos protestam em Londrina contra alta dos combustíveis

02 MAR 2021 às 16h15
Adaptações do setor

5 dicas essenciais para proteger a saúde do seu negócio durante a pandemia

02 MAR 2021 às 16h07
todas escolaridades

Secretaria do Trabalho oferta vagas para mais de 80 funções em Londrina

02 MAR 2021 às 14h47
Decreto estadual 6.983/2021

Confira como funciona o atendimento da prefeitura de Londrina com o novo decreto

02 MAR 2021 às 14h45
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados