Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Em Foz

PR: polícia colhe depoimento de assassino de cartunista

Agência Estado
16 mar 2010 às 17:22
Continua depois da publicidade

Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, o estudante que confessou ter matado o cartunista Glauco Vilas Boas e seu filho, Raoni, começou a depor na Polícia Federal (PF) de Foz de Iguaçú por volta das 15 horas desta terça-feira, 16. Segundo a PF, o delegado Archimides Cassão Veras Júnior, do Setor de Investigações Gerais da Delegacia Seccional de Osasco (SIG), interroga o jovem. O depoimento não tem previsão para terminar.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O assassino confesso foi preso no Paraná no último domingo, quando tentava fugir para o Paraguai em um carro roubado. A lista de crimes que o estudante teria cometido cresce. Nunes deve responder por duplo homicídio (assassinato de Glauco e Raoni), tentativa de homicídio e agressão, ocorridos na madrugada de sexta-feira.

Continua depois da publicidade


Pelos crimes cometidos no domingo, ele acumularia acusações de roubo de carro, tentativa de homicídio, resistência à prisão, porte ilegal de arma e porte de drogas.


A transferência do preso para São Paulo depende de uma decisão da Justiça Federal do Paraná, que informa que o pedido ainda não foi feito. A Polícia de São Paulo também pretende indiciar o rapaz que dirigiu o carro usado por Nunes.

O estudante de Publicidade Felipe de Oliveira Iasi, de 23 anos, deve ser acusado de favorecimento pessoal ou de coautoria do crime, ocorrido na madrugada de sexta-feira, em Osasco, na Grande São Paulo. O indiciamento, de acordo com o delegado da SIG de Osasco, depende do depoimento de Nunes.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade