Pesquisar

Canais

Serviços

Bruno Amaral/Defesa Social
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Patrulha Maria da Penha

Quatro flagrantes de violência doméstica são registrados em Londrina no último fim de semana

Redação Bonde com N.com
01 jun 2021 às 08:33
Continua depois da publicidade

No último sábado (29), quatro chamados sobre violência doméstica ou descumprimento de medida protetiva foram registrados e atendidos pela GM (Guarda Municipal) em Londrina.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Um deles foi vistoriado por volta das 4h no conjunto União da Vitória, zona sul de Londrina. De acordo com o balanço, uma mulher informou que seu ex-marido teria pulado o muro e danificado a janela de sua residência. As equipes localizaram e efetuaram voz de prisão ao indivíduo por conta das ameaças proferidas e pelo descumprimento da medida judicial. Os envolvidos foram encaminhados para a divisão policial de plantão.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Por volta das 10h30, outro fato envolvendo violência doméstica foi atendido pela Patrulha Maria da Penha no jardim Nova Esperança. O denunciante disse que um homem teria agredido uma mulher naquele bairro. Os guardas foram até o local e conseguiram identificar as partes. A mulher informou que o suspeito seria seu ex-companheiro e que teria ido até sua casa para tentar levar o filho, sem autorização. Segundo o relato, ela tentou tentou impedir e foi agredida. O homem recebeu voz de prisão.


Por volta das 11h, a solicitante informou estar sendo agredida pelo ex-marido no Jardim Bancários, zona oeste. Ela relatou que, para se defender, precisou desferir um golpe de arma branca no agressor. Os socorristas foram acionados, o homem foi encaminhado para o hospital e a mulher foi ouvida pelo delegado de plantão.

Em torno de 21h40, a Guarda Municipal atendeu um pedido de socorro sobre violência doméstica na estrada Shalon, zona oeste. A mulher disse que foi agredida na cabeça pelo ex-companheiro. Ele foi localizado pelos guardas e recebeu voz de prisão. As partes foram levadas para a central de flagrantes.


Continue lendo