Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Após pesquisa

Apesar de rejeição da população, Câmara de Londrina vai debater o aumento de cadeiras

Lucas Marcondes - Grupo Folha de Londrina
10 ago 2023 às 20:12
- Devanir Parra/ CML/ Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Apesar de considerar “importante analisar os números” que apontam mais de 90% de rejeição do público a um eventual aumento de vereadores na cidade, o presidente da Câmara Municipal de Londrina (CML), Emanoel Gomes (Republicanos), reforçou em entrevista à FOLHA que a fixação de cadeiras para a próxima legislatura (2025-2028) será colocada em pauta pela Mesa Executiva comandada por ele.


Porém, conforme o chefe do Legislativo, a medida, ainda não oficializada e agora chamada por Gomes de “grande especulação”, não implica necessariamente em aumento de assentos. “Aqui não tem projeto, não há minuta e nunca levamos a todos os vereadores esse tipo de fala, se vai aumentar, diminuir, manter o que está.”

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


“Essa mesa tem que fazer, que é dizer como a próxima legislatura vai trabalhar. E isso vai acontecer, e não quer dizer especificamente que vai ter que entrar um projeto para aumentar de 19 para 21, 23 ou 25, ou que vai diminuir. É um debate que acho que a gente vai ter que trazer depois”, declarou o presidente.

Leia mais:

Imagem de destaque
Conheça

Quem são os juízes da Lava Jato alvos de questionamento no CNJ

Imagem de destaque
Em 1º turno

Bruce Dickinson, que vem ao Brasil para turnê, se torna cidadão honorário de Curitiba

Imagem de destaque
Veja a entrevista

Gil do Vigor quer usar redes para expor políticas populistas em ano de eleições municipais

Imagem de destaque
Texto assinado por oito vereadores

Vereadores de Londrina aprovam o 'Dia do CACs' em segunda discussão


A mais recente rodada da pesquisa de opinião pública realizada nesta semana em parceria entre o Instituto Multicultural, FOLHA e Paiquerê 91,7 mostrou que 93,5% dos entrevistados são contra a ampliação de cadeiras na CML. Ao mesmo tempo, 71% disseram desconhecer a atual quantidade de vereadores em Londrina. Entre os 29% que afirmaram saber do dado, só 9,5% acertaram a quantidade de 19 parlamentares.

Publicidade


“Se as pessoas conhecessem e soubessem da importância do poder Legislativo, e quanto foi difícil nós conseguirmos esse passo na democracia e esse poder fiscalizador instituído, acredito que os números seriam diferentes, as pessoas olhariam de outra ótica”, analisou Gomes.


CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA:

Imagem
Apesar de rejeição, Câmara vai debater aumento de cadeiras
Para Emanoel Gomes, medida não é ‘especificamente projeto para aumentar’; ele defende mudanças na comunicação da Casa com a população


LEIA TAMBÉM:

Imagem
Londrinense não quer aumento de vereadores a partir de 2025
Um eventual aumento no número de vereadores em Londrina é reprovado pela esmagadora maioria dos entrevistados da mais recente pesquisa de opinião pública
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade