Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Alta de 6,37%

Fernando Haddad confirma salário mínimo de R$ 1.502 para 2025

Indiana Tomaselli - Folhapress
16 abr 2024 às 13:15
- Marcelo Camargo/Agência Brasil
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O ministro Fernando Haddad (Ministro da Fazenda) confirmou em entrevista à GloboNews que o PLDO (projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2025 prevê R$ 1.502 de salário mínimo para o ano que vem.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Relações internacionais

De Lula 1 a Lula 3, Brasil busca cavar espaço global em tensão com os EUA

Imagem de destaque
Quarta-feira

Julgamento em Londrina que pode cassar Mara Boca Aberta será dia 29

Imagem de destaque
R$ 30 mil

TSE multa Flávio, Zambelli e outros bolsonaristas por associar Lula a satanismo

Imagem de destaque
Segurança pública

Câmara aprova PL que reajusta salários e prevê alta de 27% a delegados da PF

O valor representa uma alta de 6,37% em relação ao piso atual. Hoje, o mínimo é de R$ 1.412. O novo salário foi antecipado pela Folha de S.Paulo.

Publicidade


"Nós não costumamos antecipar os dados da LDO antes da entrevista oficial, mas vazaram esses dois dados [meta de 2025 e salário mínimo], e aí a imprensa toda está dando. Até me desculpo por estar falando disso antes das 17h, que é o horário combinado. Mas, sim, os dados que eu tenho são esses", disse o ministro.


O valor do salário mínimo segue a fórmula de correção da política de valorização, que inclui reajuste pela inflação de 12 meses até novembro do ano anterior mais a variação do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes (neste caso, a alta de 2,9% observada em 2023).

Publicidade


Desde 1º de janeiro de 2024, o salário mínimo é R$ 1.412. A cifra foi atualizada por meio de um decreto de Lula, que aplicou a regra prevista na nova lei de valorização do salário mínimo, aprovada no ano passado.


A previsão para 2025 ainda pode mudar ao longo do ano, conforme variações na estimativa para a inflação e eventuais revisões do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no desempenho do PIB de 2023. Uma nova estimativa será encaminhada com a proposta orçamentária, em 31 de agosto.

Publicidade


Em relação aos anos seguintes, o governo prevê um piso de R$ 1.582 em 2026, de R$ 1.676 em 2027 e de R$ 1.772 em 2028.


Os números foram divulgados nesta segunda-feira (15) pelo Ministério do Planejamento e Orçamento. Inicialmente, a pasta indicou um valor de R$ 1.722 para 2028, mas o número foi corrigido.

Publicidade


No PLDO de 2025, o governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também propôs uma revisão na trajetória das contas públicas que, na prática, adia o ajuste fiscal para o próximo presidente.


A meta fiscal será zero para 2025, igual a este ano, com uma alta gradual até chegar a 1% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2028.


Os números sinalizam uma flexibilização em relação à promessa feita no ano passado, na apresentação do novo arcabouço fiscal, de entregar um superávit de 0,5% do PIB no ano que vem e alcançar um resultado positivo de 1% do PIB já em 2026, último ano de mandato de Lula.


Imagem
Médico acusado de trabalhar embriagado pula a janela para fugir da polícia em Mauá da Serra
Um médico plantonista fugiu do Posto de Saúde Central de Mauá da Serra (Vale do Ivaí) no último sábado (13) após supostamente chegar bêbado à unidade, que funciona 24 horas por dia.
Imagem
Multinacional indiana TCS anuncia expansão de centro de entregas em Londrina
A multinacional indiana TCS (Tata Consultancy Services) irá expandir suas operações no Brasil com a ampliação do centro de entregas instalado em Londrina. A empresa de prestação de serviços em tecnologia anunciou a abertura de 1,6 mil vagas de emprego
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade