Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Quarta-feira

Julgamento em Londrina que pode cassar Mara Boca Aberta será dia 29

Douglas Kuspiosz - Grupo Folha
23 mai 2024 às 18:06
- Devanir Parra/CML/Imprensa
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Quase sete anos após a cassação de Emerson Petriv, o Boca Aberta, a sua mulher, a vereadora Mara Boca Aberta (Podemos), vai enfrentar o julgamento da CML (Câmara Municipal de Londrina). A sessão está marcada para quarta-feira (29), às 9h.


A CP (Comissão Processante) que apurou denúncia contra a parlamentar aprovou com votos de Santão (PL), presidente da CP, e Fernando Madureira (PP), relator, o parecer que recomenda a cassação de Mara. Lu Oliveira (Republicanos), que é membro, defendeu, em voto divergente, que não houve irregularidade.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A CP decidiu pela improcedência da acusação de favorecimento a um ex-assessor, mas entendeu que há irregularidades relacionadas ao abuso de poder econômico e à má utilização de recursos públicos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Sem consenso

Projeto Antiaborto por Estupro divide direita, e ala vê 'tiro no pé'

Imagem de destaque
Eleições 2024

PL, PT e União Brasil ficarão com mais de 40% do fundão eleitoral de R$ 5 bi

Imagem de destaque
Entenda

PL Antiaborto por Estupro pode levar menores de idade a privação de liberdade por até 3 anos

Imagem de destaque
Secretaria de Defesa Social

Guarda Municipal de Londrina depende do aval da Câmara para comprar sede própria


Durante a sessão de julgamento, no entanto, as três acusações serão julgadas: divulgação de candidatura inexistente ao Senado de Boca Aberta; má utilização de R$ 1,2 milhão do FEFC (Fundo Especial de Financiamento de Campanha) em benefício da candidatura inexistente; e favorecimento ao proprietário de uma empresa que recebeu verbas de campanha e depois foi nomeado assessor da parlamentar.


Atendendo à imprensa, Santão afirmou que a CP se reuniu na manhã desta quinta-feira para analisar o relatório elaborado por Madureira.


CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA.


Imagem
Julgamento que pode cassar Mara Boca Aberta será dia 29
Relatório da CP acatou dois fatores relacionados à denúncia contra a vereadora; cassação precisa de 13 votos
Imagem
‘Não é nenhuma novidade’, comenta Ratinho Jr. sobre terceirização em escolas
O governador Ratinho Junior (PSD) negou nesta quinta-feira (23) que pretende privatizar parte das escolas públicas no estado.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade