08/04/20
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
|
Qual é a melhor?

Veja estas dicas para utilizar as cores no ambiente de trabalho

Você começa a responder um e-mail, mas relaxa por alguns minutos dando uma - nem tão breve assim - conferida nas redes sociais, volta para preencher relatórios e quando percebe, já está fazendo outra pausa, agora para ler um pouco de notícias. Existem dias que a rotina no trabalho se arrasta e a lista de tarefas só se prolonga.

Divulgação
Divulgação


Apesar de parecer um problema de atenção ocasional que o trabalhador enfrenta ao longo do dia, uma pesquisa feita pela Harvard Business Review mostrou que a questão é muito mais preocupante: 73% dos líderes no ambiente empresarial ficam distraídos a maior parte do tempo da sua rotina de trabalho. Desses, 65% responderam ainda que não conseguem concluir suas tarefas. Mas você sabia que isso pode estar diretamente relacionado à diversidade de cores do ambiente em que você trabalha?

Isso ocorre, pois, as tonalidades possuem impacto relacionado ao conforto emocional das pessoas. Por exemplo, um ambiente onde o vermelho predomina faz com que os frequentadores fiquem mais precisos e aptos para tarefas que necessitem do uso maior da memória e da atenção, revela um recente estudo elaborado por cientistas da Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá.

Apesar das cores quentes estimularem o aumento da atividade cerebral, quando em exposição contínua, elas podem aumentar a sensação de ansiedade e de estresse. Já se há a necessidade de fomentar ou aumentar a criatividade, convém trabalhar e se movimentar em ambientes de cor azul, que é o mais indicado para conseguir bons resultados em situações como ‘uma tempestade de ideias’, destinada a avaliar um novo produto ou a encontrar a solução para um problema determinado, segundo os autores da pesquisa. Pensando nisso, o FK Grupo separou algumas peças para aproveitar os principais impactos de algumas cores para o ambiente de trabalho. Confira.


Vermelho: aumenta a capacidade de memória e atenção

Divulgação
Divulgação


Com um desenho leve e aconchegante, o sofá Jelly, assinado por Ricardo Bello Dias para a F.Way, conta com formas lúdicas e arredondadas que se complementam em uma linguagem de design única. Os assentos e mesas de Jelly podem ser configurados em curvas ou retas sob medida para compor os mais variados projetos.


Azul: aumenta a criatividade e confere leveza ao ambiente.

Divulgação
Divulgação


Com uma forma envolvente, a Lazy, assinada por Lucas Carareto para a F.Way, abraça o corpo de quem se senta. O desenho tem linhas suaves e o conforto é resultado do encosto estruturado em aço com espuma moldada e sistema interno de percintas. Com um design diferenciado, os pés são em madeira cilíndrica, inclinados e estruturado por chapas metálicas.


Laranja: para locais onde a criatividade e o lúdico são essenciais.

Divulgação
Divulgação


Assinada por Christoph Jenni para a F.Way, a cadeira Ayra se destaca por ser despojada e concisa, sem deixar de lado a sofisticação. Com linhas definidas, o minimalismo presente se encontra em perfeita harmonia com texturas e formas extremamente humanas. Para amenizar as longas horas que passamos sobre a cadeira, a concha de espuma poliuretano de alta densidade é muito confortável. Completamente personalizável, a Ayra se destaca pelo ajuste de altura e o mecanismo giratório suave. Os descansos de braços em alumínio de alta resistência possuem ajustes perfeitos, moldado em formas orgânicas, com junções fluidas e encaixes perfeitos.


Preto e cinza: transmitem neutralidade, requinte e elegância.

Divulgação
Divulgação


A cadeira Airys, da Sittz, reúne soluções de ergonomia com design contemporâneo e múltiplas aplicações. Fabricado em tela de polipropileno, o encosto permite a troca térmica, aliviando a temperatura da pele. O ajuste lombar ajuda a manter a postura natural da coluna, o que oferece um suporte saudável ao longo das horas de trabalho. O assento possui ainda o mecanismo Sycron, que reúne diferentes ajustes em altura, profundidade e tensão, contemplando uma grande variedade de movimentos – inclusive os de inclinação, para momentos de maior concentração, e de reclinação, para momentos de relaxamento.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Vejas as dicas!
Foi morar sozinho pela primeira vez? te ajudamos a manter a casa limpa e organizada
08/04/2020 16:58
Saiba mais
Linhas de cimentício é tendência 2020 na decoração
08/04/2020 15:45
Confira os cuidados
Família saudável: dicas para manter a casa segura em tempos de pandemia
07/04/2020 18:57
Local seguro
Cuidados com quarto das crianças para prevenir doenças respiratórias
07/04/2020 17:25
Evite a proliferação!
Dengue: aproveite a quarentena para vistoriar o quintal
06/04/2020 10:40
Veja mais e a capa do canal