Pesquisar

Canais

Serviços

- Istock
Atenção às baixas temperaturas

Como saber se seu bebê está agasalhado o suficiente

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
24 ago 2021 às 14:33
Continua depois da publicidade

O inverno chegou com tudo no Brasil neste ano, proporcionando baixas temperaturas. Com o frio intenso, é importante assegurar que os bebês estejam agasalhados o suficiente. Também não deve-se exagerar nas vestimentas e deixar a criança superaquecida.

Continua depois da publicidade


O ideal é checar a temperatura da criança focando em diversas partes do corpo, e não somente nas extremidades. Meias e luvas podem ajudar a aquecer as mãozinhas e os pezinhos dos pequenos, caso necessário. As extremidades costumam ser mesmo mais frias, e é importante verificar tronco, costas e abdômen para ter uma melhor noção da temperatura da criança.

Continua depois da publicidade


O bebê também pode dar sinais de desconforto. Caso os sinais sejam de vermelhidão no rosto e temperatura corporal elevada, deve-se retirar camadas de vestimenta para proporcionar maior conforto e equilíbrio. O exagero pode levar ao superaquecimento. O cabelo molhado de suor também é outro sinal.


A pele também pode dar indícios, caso esteja úmida de suor. O bebê não deve passar frio, mas o calor excessivo também pode ser prejudicial. No frio, a pele pode ficar tanto pálida, quanto arroxeada. É preciso prestar atenção a qualquer variação para entender o que o bebê precisa naquele momento.

Continua depois da publicidade


O choro também pode ser outro sinal de desconforto e deve ser verificado. Enquanto a respiração mais rápida pode ser relativa ao calor, tremores estão relacionados ao sentimento de frio. O corpo do bebê consegue esfriar ou esquentar de acordo com a necessidade para manter a temperatura normal.


Para vestir o bebê, a Academia Americana de Pediatria (AAP) recomenda uma camada a mais de roupa em relação a uma pessoa adulta nas mesmas condições de tempo. Assim, é importante prestar atenção ao que se veste e determinar um pouco de proteção a mais para o bebê ou a criança pequena.


É preciso também calcular a queda de temperatura durante a noite. A variação pode ser grande, e o bebê deve estar protegido até o amanhecer. Para os dias mais frios, pode-se usar aquecedores para deixar a temperatura mais agradável para os pequenos. O ideal é que a temperatura esteja por volta de 24oC.

É importante que os responsáveis vistam o bebê com roupinhas apropriadas para cada temperatura. Para o frio, por exemplo, pode-se usar um conjunto infantil. Tecidos térmicos também podem ajudar, desde que sejam leves, principalmente nas extremidades. O melhor é evitar tecidos muito pesados para não causar desconforto. É essencial ir verificando o conforto do bebê e observar as condições climáticas ao longo do dia.


Continue lendo