Pesquisar

Canais

Serviços

IAT
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Quer cuidar de um bichinho?

IAT promove capacitação para voluntários no cuidado com animais silvestres

16 set 2021 às 17:52
Continua depois da publicidade

O IAT (Instituto Água e Terra) fará o treinamento de voluntários interessados em participar do Cria (Programa de Cuidados e Reabilitação Intensiva de Animais Silvestres). A capacitação acontece na próxima quarta-feira (22), na modalidade de EAD (Ensino a Distância). O IAT é vinculado à Sedest (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo). As inscrições e assinatura do termo de adesão podem ser feitas a partir deste link.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O Cria é um dos três programas de voluntariado do IAT. Os paranaenses também podem contribuir com ações voluntárias nos viveiros florestais e nas Unidades de Conservação do Estado.

Continua depois da publicidade


O objetivo é promover a educação ambiental em toda a população sobre a importância da conservação da biodiversidade e contribuir com o conhecimento dos paranaenses interessados em atuar na área ambiental.


"Vamos dar a visibilidade necessária para transformar o Paraná no estado mais moderno, mais produtivo, inovador e o mais sustentável do Brasil. Os três programas de voluntariado são muito importantes para isso", disse o secretário Márcio Nunes.

Continua depois da publicidade


Cria - O objetivo do programa é levar conhecimentos sobre a fauna silvestre à população em geral, bem como proporcionar o contato de profissionais do meio ambiente com animais silvestres. O programa visa, ainda, sensibilizar as pessoas quanto à importância da fauna silvestre por meio da capacitação para o cuidado e contato direto com os animais.


De acordo com o diretor de Patrimônio Natural do IAT, Rafael Andreguetto, o programa não tem como objetivo estimular a adoção de animais silvestres, mas sim dar aos profissionais da área e aos cidadãos interessados a oportunidade de aprender a lidar com eles de forma adequada.


"Isso tem que ser feito prezando pela própria segurança, pelo bem-estar dos animais e pelos cuidados necessários para devolvê-los à natureza, visando a conservação da fauna e a sobrevivência do animal", afirmou.


A participação no treinamento é o primeiro passo e pré-requisito para que o voluntário possa se inscrever no programa e cuidar de um filhote órfão ou animal vitimado em processo de reabilitação.


Trata-se de um treinamento, ou seja, não é um curso de formação acadêmica. "Nada substitui o trabalho dos profissionais da área ambiental e veterinária. O objetivo do programa é permitir aos participantes entrarem em contato com a fauna nativa e estimular a consciência sobre a convivência com estes animais", acrescentou Andreguetto.


Capacitação - O treinamento será em 22 de setembro, às 19 horas, pela plataforma do Zoom. O link para participação será encaminhado por e-mail após a inscrição.

Continue lendo