30/09/20
Festival de Dança de Londrina

Danças tradicionais brasileiras são tema de oficina e espetáculo

Divulgação
Divulgação

Este sábado (13) será um dia inteiramente dedicado aos estilos tipicamente brasileiros no 16° Festival de Dança de Londrina. A grande atração da noite é da coreógrafa e bailarina paulista Maria Eugenia Almeida, que apresenta às 20h, no Teatro Ouro Verde, "Planta do pé", um misto de espetáculo, contação de história e aula expositiva, em que demonstra as danças de seu repertório construído ao longo de 12 anos e compartilha com o público, de maneira interativa e bem humorada, uma reflexão sobre o legado oferecido pelas danças tradicionais brasileiras. Maria Eugenia ministra também uma oficina, das 16h às 18h, na Escola Municipal de Dança, com o tema danças tradicionais brasileiras, convidando os participantes a subirem ao palco na apresentação da noite. Ingressos custam R$10 e 5 (meia-entrada), já disponíveis nos pontos de venda do Festival. A oficina tem o valor de R$ 20 e as inscrições podem ser feitas na secretaria da Funcart.

Filha do mestre Antonio Nóbrega – que assina a trilha de "Planta do Pé" –, bailarina da Cia Soma e ligada ao Instituto Brincante, Maria Eugenia funde a nobre beleza dos movimentos populares com referências artísticas contemporâneas. Após as viagens entre Europa e Índia realizadas em 2012 e 2013, ela organizou para esse trabalho seu repertório cênico desenvolvido desde 2007 e uniu a ele novas pesquisas, fruto das técnicas absorvidas em viagem. As cenas contam com figuras mascaradas, narrativas e versos cantados com o público, forjando-se uma atmosfera solene e espontânea, característica do ambiente dessas danças, que acolhem tanto os adultos quanto as crianças.


"Planta do Pé" traduz em seu nome uma ambiguidade vivenciada pela dançarina. Enquanto imagem de vegetação, o termo simboliza uma pesquisa que ramificou dos estudos iniciados por seus pais. Pesquisadores e artistas, Antonio Nóbrega e Rosane Almeida desenvolvem um trabalho a partir do universo das tradições populares brasileiras que Maria Eugenia acompanha desde os sete anos. Já enquanto parte do corpo, o título faz alusão à relação de conexão do corpo com o solo. Os passos das danças como Caboclinho, Cavalo Marinho e Frevo têm como característica marcante a agilidade, o uso do peso e a graciosidade com qu e os pés se conectam à terra.

O espetáculo foi criado por Maria Eugenia em 2014 a convite da Instituição Passo do Frevo para integrar a programação da Mostra Internacional de Dança de Recife.



Maria Eugenia Almeida começou a se familiarizar aos sete anos com as danças populares brasileiras. Aos nove, passou a se apresentar em espetáculos de seu pai Antonio Nóbrega. A convite da curadoria de dança do Centro Cultural Banco do Brasil, criou o espetáculo solo "Casa das Miudezas". Em 2008 fundou, ao lado de Marina Abib, a Companhia Soma. Une à pesquisa de dança brasileira experiências vividas em cursos dentro e fora do Brasil, como as técnicas de Jacques Lecoq, Eugenio Barba e do Kathakali. Compõe a equipe pedagógica d o Instituto Brincante e da Pós-graduação "A arte de ensinar arte", do Instituto Singularidades.

Samba da Madrugada

Para fechar o sábado, nada melhor que um ponto de encontro ao ritmo mais brasileiro. A partir das 21h, o Bando da Madrugada toca para o público do Festival dançar em "Samba da Madrugada – Esse samba é pra vocês". O já tradicional ponto de encontro dos bambas em Londrina presta homenagem ao "Fundo de Quintal". A bateria do Bando, com o vocal de Luiza Braga, vai executar sucessos do grupo originado no Cacique de Ramos e outros mais noite adentro.

Fundado em 2013 como espaço de preservação do samba autêntico, o projeto "Samba da madrugada" já foi visto por cerca de 30 mil pessoas e trouxe à cidade nomes como Almir Guineto, Monarco, Nelson Sargento e Casuarina. As entradas para o "Samba da Madrugada" são na forma de couvert artístico e podem ser adquiridos antecipadamente pelo valor de R$ 20 (no site www.sympla.com.br/sambadamadrugada) ou na hora por R$ 30.

Serviço:
Planta do pé
Maria Eugenia Almeida (São Paulo-SP)
Dia: 13 de outubro (sábado)
Horário: 20h
Local: Teatro Ouro Verde (R. Maranhão, 85)
Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: Livre
Ingressos: R$10 e R$5 (meia-entrada)

Pontos de venda:
Secretaria da Funcart
Rua Senador Souza Naves, 2380
Fone: (43) 3342-2362
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 9h30 às 11h30 e das 13 às 19 horas

Loja Shop Ballet
Rua Pio XII, 64 - loja 3
Fone: (43) 3323-4717
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 9h às 18h, e aos sábados, das 9h ao meio-dia

Teatro Ouro Verde (bilheteria)
Rua Maranhão, 85
Fone: (43) 3322-6381
Horário de funcionamento: das 16h até o início do espetáculo

Ficha Técnica:
Elenco: Maria Eugenia Almeida
Direção: Rosane Almeida
Coreografias: Maria Eugenia Almeida e Companhia Soma
Trilha Sonora: Antonio Nóbrega
Figurino: Elena Budu
Boneco: Sandro Roberto
Cenário: Fabiana Fukui
Produção: Joca Paciello

Samba da madrugada – Esse samba é pra vocês
Bando da Madrugada
(Londrina-PR)
Dia: 13 de outubro (sábado)
Horário: 21 horas
Local: Samba da Madrugada (R. Paraíba, 574)
Duração: Madrugada adentro
Classificação indicativa: 18 anos
Couvert na entrada do Samba (R$30) ou antecipados (R$20) no site www.sympla.com.br/sambadamadrugada

Informações gerais sobre o Festival de Dança de Londrina 2018:
Mostra oficial: 8 a 14 de outubro de 2018

Programação no site:
www.festivaldedancadelondrina.art.br
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
'Sem limites'
Aumento de limite no cartão Nubank vira trending topic do Brasil no Twitter
30 SET 2020 às 17h29
Torcedor SBT
Eliana é convidada para comentar partida de São Paulo x River Plate
30 SET 2020 às 15h30
Dia Mundial do RBD
RBD anuncia live paga com ingressos que variam entre R$ 110 a R$ 197 e fãs reclamam
30 SET 2020 às 15h12
Jornal Metrópoles
Sheherazade comemora contrato com portal Metrópoles após demissão do SBT
30 SET 2020 às 14h51
Argentina
Morre Quino, criador da Mafalda, estrela das HQs que é fã dos Beatles e odeia sopa
30 SET 2020 às 14h43
Mais votada
A Fazenda 12: Raissa Barbosa está na roça mais uma vez
30 SET 2020 às 10h16
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados