Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Espetáculo

Escola Municipal de Dança de Londrina celebra três décadas com remontagem de 'O Lago dos Cisnes'

Walkíria Vieira - Grupo Folha de Londrina
26 nov 2023 às 16:37
- Fabio Alcover/Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O público já pode se sentir agraciado com a apresentação de “O Lago dos Cisnes”, no Cine Teatro Ouro Verde, que acontecerá de 30 de novembro a 3 de dezembro. A versão londrinense de um dos espetáculos de balé clássico mais célebres da história tem um motivo e tanto: a celebração dos 30 anos ininterruptos da instituição, hoje uma das referências na formação em dança no sul do País.


Para esta ocasião, cerca de 300 bailarinos ocupam o Ouro Verde, lançando-se ao desafio de adaptar a obra com composição de Tchaikovski, montada originalmente pelo Teatro Bolshoi de Moscou em 1877.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

Para os quatro dias de apresentação são esperadas mais de 4 mil pessoas. De acordo com a coordenadora da Escola Municipal de Dança e do espetáculo, Luciana Lupi, a programação foi planejada para contemplar o público que prestigia a escola. "E também devido ao número de integrantes participantes para essa temporada", afirma.

Leia mais:

Imagem de destaque
Histórico

Por espetáculo 'Bora', Ballet de Londrina tem indicação inédita a prêmio da APCA

Imagem de destaque
Festival de dança

Curitiba Cia de Dança faz apresentação em dose dupla em Londrina

Imagem de destaque
Grátis

Antônio Nóbrega e Rosane Almeida abrem Festival de Dança de Londrina neste sábado

Imagem de destaque
Participe!

Festival de Dança de Londrina inscreve para mostra local



Com direção geral de Marciano Boletti , a versão londrinense de “O Lago dos Cisnes” será apresentada na íntegra, com quatro atos e duas horas de duração. A preparação do espetáculo começou em julho com a adaptação coreográfica e ensaios das turmas de balé regular do 2º ao 8º ano da EMD, além da integração dos alunos com bailarinos já formados pela instituição e convidados do Ballet de Londrina.

Publicidade


A poucos dias da estreia, o clima é naturalmente de ansiedade. "E também de muito trabalho e dedicação, pois observo todos dando tudo que podem , buscando melhorar a cada dia e com um objetivo comum: fazer um ótimo espetáculo", divide Boletti. Ele conta também que esse trabalho tem muito significado. 


"Representa um grande desafio, pois fazer parte de algo grandioso exige muito esforço e muito estudo".

Publicidade


Imagem
O que fazer se a empresa não pagar a primeira parcela do 13º salário?
As empresas não podem reclamar das finanças nem usar a crise como desculpa, todos os empregados celetistas devem receber, no máxi

"Nesses meses de trabalho, vi os bailarinos crescerem de uma forma impressionante, estou muito orgulhoso deles, já que me surpreenderam de uma forma muito positiva", alegra-se. Ao encarar a empreitada com responsabilidade, Boletti sabe que não pode relaxar nesse momento e sua expectativa é que tudo saia perfeito para todos e que os bailarinos dancem bem, mas também divirtam-se e curtam bastante o espetáculo.


O balé de repertório conta a história de amor do príncipe Siegfried e de Odette, transformada em cisne junto de seu séquito pelo mago Rothbart. Apenas em algumas horas do dia, a princesa pode retornar à forma humana. O feitiço só pode ser quebrado por um homem que a ame. Ao longo das décadas, diferentes versões do final foram idealizadas por coreógrafos – assim também será na versão londrinense, que reserva surpresas ao público.


CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA

Imagem
30 anos de dança com um clássico na ponta dos pés
Um clássico para aplaudir de pé
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade