Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Vôlei

Após pré-convocação, paranaense cutuca Ricardinho

Agência Estado
26 mar 2010 às 22:30
Continua depois da publicidade

Um dos principais líderes da seleção brasileira masculina de vôlei, Giba comentou pela primeira vez nesta quarta-feira sobre a negociação para o retorno de Ricardinho ao time do Brasil. Segundo ele, o levantador ainda precisa demonstrar "real interesse" de voltar e também terá de "se ajustar ao grupo".

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Ricardinho está afastado da seleção brasileira desde os Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007, quando foi cortado do grupo por problemas de relacionamento. Mas, depois de tanto tempo, houve uma reaproximação e o técnico Bernardinho incluiu o levantador na lista de pré-convocados para a Liga Mundial.

Continua depois da publicidade


Giba revelou ter conversado com Bernardinho antes que Ricardinho fosse incluído na lista. "Sou um dos mais experientes, estou no grupo desde o começo e passei por tudo o que aconteceu. Por isso, ao lado do Rodrigão, do Murilo e do Serginho, conversamos com o Bernardinho antes da pré-convocação. Mas sou um jogador como o Ricardinho ou qualquer outro. Quem decide é o Bernardo", explicou o ponteiro.


Apesar de elogiar a capacidade técnica de Ricardinho, Giba fez algumas ressalvas sobre o retorno do levantador. "Precisamos ver a vontade dele de se ajustar ao grupo. Ele precisa demonstrar o real interesse de voltar. Após três anos se isolando, se ele não demonstrar isso, fica difícil convencer", avisou Giba, que é o atual capitão da seleção.


Giba e Ricardinho eram grandes amigos, mas o relacionamento ficou estremecido após a crise vivida em 2007 na seleção. Agora, depois da lista divulgada por Bernardinho na última segunda-feira, eles ainda não conversaram.

Continua depois da publicidade

"Ainda não conversei com o Ricardinho. Ele tentou me ligar algumas vezes na sexta e no sábado, mas estávamos vivendo dias corridos por conta da Superliga. Ele passou muito tempo isolado e preciso refletir e pensar também antes de responder as suas ligações", afirmou Giba, que defende a equipe do Pinheiros.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade