Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/ Instagram
Em Teahupoo

Medina opta por não se vacinar e vai perder etapa do Mundial de Surfe

Redação Bonde com Folhapress
05 ago 2021 às 14:44
Continua depois da publicidade

Depois de voltar das Olimpíadas de Tóquio sem medalha, Gabriel Medina volta suas atenções completamente no Mundial de Surfe. Porém, na busca pelo tricampeonato, ele não poderá disputar a última etapa, em Teahupoo.

Continua depois da publicidade


O surfista revelou, durante live feita no seu canal na Twitch, que não poderá participar da competição na Polinésia francesa por não ter tomado a vacina contra a covid-19.

Continua depois da publicidade


"Eu não vou para Teahupoo porque eu não tomei a vacina e aí tem que fazer 10 dias de quarentena. Aí não dá tempo de ir do México, que é uma seguida da outra. Aí vou ser obrigado a não ir. Sacanagem. Mas de boa", disse.


Antes das Olímpiadas, o Comitê Olímpico Brasileiro ofertou imunizante para todos os atletas, dando a oportunidade de Medina se vacinar.

Continua depois da publicidade


A janela de disputa na etapa do México será entre os dias 10 e 19 de agosto, enquanto a competição em Teahupoo está marcada para acontecer entre os dias 24 e 3 de setembro. Sendo assim, seriam apenas cinco dias de intervalo caso a etapa mexicana se encerre no último dia da janela.


Medina lidera o campeonato com 46.720 pontos, com boa vantagem para o segundo colocado, que é o medalhista de ouro em Tóquio, Italo Ferreira, com 33.555.

A ausência na tradicional etapa, contudo, não preocupa Medina para a briga pelo título mundial. "Eu posso descartar uma etapa, então está de boa", completou o surfista, que depois irá para a final, na Califórnia, em setembro.


Continue lendo