25/02/20
32º/19ºLONDRINA
Lucio Flávio
Lucio Flávio
03/02/2020 - 11:47
Imprimir Comunicar erro mais opções


Em um ano de dificuldades econômicas, o Londrina aposta muito na Copa do Brasil para reforçar o seu caixa em 2020. Há alguns anos a competição tem sido prioridade dos clubes brasileiros, em razão das "gordas" cotas de TV.

Para jogar esta primeira fase, o LEC vai receber R$ 540 mil e se passar pelo XV de Piracicaba nesta quarta-feira (5), vai faturar mais R$ 650 mil. Só como comparação, por todos os jogos do Paranaense o Londrina vai receber R$ 350 mil, no contrato firmado com a DAZN.

Em razão disso, a partida no estádio Barão de Serra Negra é muito importante e vale o semestre do Tubarão. Em 2019, o LEC chegou até a quarta fase da competição e faturou R$ 4,3 milhões em cotas, em valores brutos.

Confira os valores que os clubes receberão na Copa do Brasil 2020:

1ª fase: Grupo 1: R$ 1,1 milhão; Grupo 2: R$ 950 mil; Grupo 3: R$ 540 mil
2ª fase: Grupo 1: R$ 1,3 milhão; Grupo 2: R$ 1,03 milhão; Grupo 3: R$ 650 mil
3ª fase - a partir desta fase os valores são os mesmos para todas as equipes - R$ 1,5 milhão
4ª fase: R$ 2 milhões
Oitavas - R$ 2,6 milhões
Quartas - R$ 3,3 milhões
Semifinal: R$ 7 milhões

O campeão vai faturar R$ 52 milhões, dois milhões a mais que o Athletico, campeão do ano passado. Se o campeão estiver na disputa desde a primeira fase, vai faturar um montante de R$ 72,8 milhões. O vice-campeão vai levar R$ 22 milhões.

Fazem parte do grupo 1 os seguintes clubes: Atlético Mineiro, Bahia, Botafogo, Chapecoense, Cruzeiro, Fluminense e Vasco. No grupo 2 estão: Atlético Goianiense, Ceará, Coritiba, Goiás e Sport. As demais equipes integram o grupo 3.
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Lucio Flávio
 
Formado em Comunicação Social/Jornalismo. Repórter da Rádio Paiquerê AM desde 1997 e da Folha de Londrina desde 2012. Participa de coberturas esportivas nacionais e internacionais



Sites Sugeridos
 
ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE