Pesquisar

Canais

Serviços

- Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Blog do Lucio Flávio

Por que o gramado do estádio do Café gera tanta reclamação?

17 set 2019 às 10:32
Continua depois da publicidade

A declaração do volante Anderson Leite reclamando da qualidade do gramado do estádio do Café não chegou a ser uma grande surpresa. Apesar de uma melhora considerável nos últimos anos, o piso do Café nunca foi uma unanimidade no LEC.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

"O nosso gramado está horrível e muito ruim para um jogo de futebol. Creio que o pior campo da série B é o nosso e espero que possa melhorar", comentou o jogador do Londrina após a vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba.

Continua depois da publicidade


Não acredito que chegue ao ponto de ser o pior do Brasileiro, mas realmente o gramado estava muito aquém do mínimo desejável para uma partida de série B no sábado (14). O gramado estava ralo, com muita areia e muitas irregularidades. A bola ficou "viva" o tempo todo.


Nas últimas semanas, a Fundação de Esportes, que administra o estádio, realizou um trabalho de descompactação do gramado, o que permite uma melhor "oxigenação" da grama e, consequentemente, um crescimento melhor do gramado.


Na prática isso ainda não aconteceu na última partida. Ao que tudo indica, o tempo entre o término do processo e o jogo com o Coritiba não foi suficiente para o gramado recuperar a qualidade. O tempo seco, a falta de chuva e a baixa umidade do ar prejudicam também a melhora do piso. "Com tanto tempo sem chuva, só a irrigação não tem sido suficiente", relatou um funcionário que trabalha no estádio.

Continua depois da publicidade


Por outro lado, o estádio do Café tem sido pouco utilizado. O Londrina nem tem treinado no local, a pedido da Fundação, para evitar um desgaste do gramado.



Realmente é difícil compreender como com poucos jogos - antes da partida contra o Coritiba, o LEC havia jogado apenas no dia 30 de agosto contra o CRB no Café, ou seja, houve um intervalo de 14 dias - e nenhum treino, o gramado não melhore.

A FEL precisa encontrar alternativas para recuperar a qualidade do gramado já que na próxima semana serão dois jogos seguidos no Café: dia 24 contra o Sport e 27 contra o Vila Nova. E todos, é claro, ficam na torcida para que a chuva volte ao Norte do Paraná.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade