Pesquisar

Canais

Serviços

- Foto de Alex Green no Pexels
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Um alerta sobre obesidade infantil

23 jun 2022 às 10:29
Continua depois da publicidade

Oi Gente,

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Hoje quero fazer um alerta a vocês todos que me acompanham aqui, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 1 bilhão de pessoas no mundo são obesas e destas, 39 milhões de crianças.

Continua depois da publicidade


Apensar de já ter passado o dia 04 de março que é a data que é comemorada o dia mundial da obesidade, a data serve para alertar e incentivar soluções práticas para ajudar as pessoas a alcançar e manter um peso saudável, realizar tratamento adequado e reverter a crise da obesidade.


Entenda que a obesidade é caracterizada pelo excesso de gordura corporal depositada em diferentes partes do corpo, podendo desencadear um baixo grau de inflamação, levando à coexistência de vários fatores de risco para a saúde, bem como a associação com outras doenças, entre estas: diabetes, dislipidemias, síndrome metabólica, aterosclerose, doenças cardiovasculares, doenças pulmonares, distúrbios do sono e até transtornos do humor.

Veja como é fácil para você fazer o diagnóstico em seu filho(a)

Continua depois da publicidade

Para entender se seu filho(a) está correndo algum risco de obesidade, você pode realizar uma a avaliação relacionando o peso com a altura usando o cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), para isso vamos usar a fórmula: IMC = Peso ÷ (Altura × Altura), então siga estes passos para não errar.


Passo 1: Pegue um papel e caneta e anote o peso (em kg) e a altura (em Metro) do seu filho(a). Exemplo: peso: 26,3Kg e altura: 1,19m


Passo 2: Pegue uma calculadora e multiplique a altura pela altura dele(a) e anote esse número. Exemplo: 1,19 x 1,19= 1,41


Passo 3: Agora digite na calculadora o peso que você anotou e divida pelo resultado da multiplicação da idade que você anotou. Exemplo: 26,3 / 1,41 = 18,65


Ótimo, agora você precisa usar uma tabela (como esse gráfico abaixo) para comparar esse resultado e ver como seu filho(a) está, é a mesma que está praticamente em todas as carteirinhas de vacinação. Na linha vertical você marca o resultado do IMC (passo 3) e na linha horizontal você marca a idade, daí vai ter um ponto de intersecção (linha vertical com linha horizontal). Lembrando que tem uma tabela para meninos e outra para meninas.

Com este ponto marcado no gráfico, você vai comparar com os valores de referência abaixo e assim você saberá como seu filho(a) está.

Baixo IMC para idade:  Se seu ponto de intersecção ficar abaixo da linha P3 do gráfico

IMC Adequado: Se seu ponto de intersecção ficar entre a linha P3 e abaixo da linha P85 do gráfico

Sobrepeso: Se seu  ficou acima ou na linha P85 e abaixo da linha P97 do gráfico

Obesidade: Se seu ponto de intersecção ficou acima da linha P97 do gráfico


No meu ponto de vista, o diagnóstico e os testes para aferição de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes são controversos, porque o IMC está relacionado com o peso e a idade, mas não considera o estágio de maturação hormonal. A criança ou adolescente obeso tende a ser adulto obeso, segundo os dados da OMS, 40% das crianças e 70% dos adolescentes obesos se tornarão adultos obesos.


Bom, espero que você tenha conseguido fazer a conta. Tem alguns alertas aqui, mas não se desespere se o resultado der baixo IMC ou obesidade, é possível reverter esse quadro e para te ajudar, vou dar continuidade neste assunto tão importante, e na próxima matéria vou trazer fazer um bate papo com uma nutricionista especializada em crianças para dar valiosas dicas para todas as situações acima.


Assunto relacionado: Excesso de tecnologia e açúcar são os vilões da obesidade infantil


E em seguida, vou falar com um educador físico para passar alguns exercícios para você fazer com seu filho em casa mesmo. Então, aguarde as próximas matérias, me siga no meu Instagram para acompanhar todos esses conteúdos bacanas feitos com muito carinho para você que se preocupa com seu filho(a) assim como eu. Acompanhe meu Instagram @respira.mamãe para mais novidades.

Beijos e até a próxima matéria.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade