Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
No patrimônio Três Bocas

Entidades discutem turismo rural em Londrina

Redação Bonde com CML
31 jul 2013 às 17:14
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Universidade Norte do Paraná (Unopar) vai realizar um estudo das potencialidades turísticas do patrimônio Três Bocas, 12 km ao sul da sede do município de Londrina, visando futuras ações de fomento ao turismo na região. O estudo atende proposta da Comissão Especial dos Distritos da Câmara de Vereadores de Londrina, que se reuniu hoje (31/7) pela manhã, com moradores do patrimônio, representantes da Unopar e do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel) para discutir o assunto.

O vereador Jamil Janene (PP), presidente da Comissão Especial dos Distritos, contou que a proposta de fomento das ações de turismo no patrimônio partiu de moradores daquela comunidade à Comissão, durante encontro realizado no mês de maio, oportunidade na qual foram discutidos também problemas de infraestrutura da região. "Como a Unopar é a única instituição de ensino que oferece curso de nível superior na área de Turismo em Londrina, convidamos representantes da Universidade para participarem conosco deste projeto e contribuir com estudos de viabilidade", explicou Janene.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O professor e turismólogo da Unopar, Paulo André de Carvalho, informou que a instituição pretende ouvir moradores da região e realizar um levantamento sobre potencial turístico do patrimônio, para posteriormente discutir a viabilidade de um projeto para o local. "São os próprios moradores que conhecem as possibilidades e os potenciais daquela localidade. Com certeza eles nos darão subsídios para que possamos levantar as necessidades e custos para que o projeto de turismo rural se torne viável", disse o professor.

Leia mais:

Imagem de destaque
Revés

Londrina EC perde por 2 a 1 para o Athletic em MG

Imagem de destaque
Jornalismo UEL

Estudante de Londrina é selecionada para cobrir Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo

Imagem de destaque
Confira!

No Festival de Música de Londrina, domingo é de show com o HH Trio

Imagem de destaque
Ciências biológicas

Palestra na UEL mostra que fascínio pelos dinossauros não tem idade


Durante a reunião, foi apresentada uma publicação da Secretaria de Estado do Turismo do Paraná, que classifica o Parque Daisaku Ikeda, localizado no patrimônio Três Bocas, como o quarto mais visitado do Estado em 2011. De acordo com a publicação, naquele ano, 1.394.187 pessoas visitaram o Parque Nacional do Iguaçu (Foz do Iguaçu), 61.014 pessoas visitaram o Parque Estadual de Vila Velha (Ponta Grossa), 56.451 pessoas visitaram o Parque Municipal Arthur Thomas (Londrina) e 19.992 visitaram o Parque Daisaku Ikeda.

Publicidade


Para o vereador Jamil Janene, os números demonstram o potencial turístico daquela região, uma vez que muita gente já visitou o local embora grande parcela da população de Londrina desconheça a existência do Parque Daisaku Ikeda. "Confesso que eu mesmo não conheço o parque e fiquei impressionado com beleza do local depois de ver fotos da área. Por isso, vamos trabalhar com os moradores, o Poder Público e a Unopar, no sentido de viabilizar um projeto de turismo no Três Bocas", afirmou o vereador.


A moradora do patrimônio Maria Aparecida Wrobel lembrou que muitas atividades características daquela comunidade precisam ser incentivadas, uma vez que até a tradicional Festa da Mandioca, que atraía muitos visitantes para o local, hoje já não existe mais. "Temos que aproveitar melhor o parque (Daisaku Ikeda), reativar as festas da comunidade e não podemos esquecer do pesque-pague e do campo de futebol, atrativos para visitantes, com um pouco mais divulgação", lembrou a moradora. Nova reunião sobre o assunto será realizada no dia 14, às 9h, na Câmara de Vereadores.

Além dos vereadores Jamil Janene (PP), Gaúcho Tamarrado (PDT) e Péricles Deliberador (PMN) que integram a Comissão Especial dos Distritos; participaram da reunião o diretor de Turismo da Codel, Altemir Lopes e servidores da área; os professores da Unopar, Paulo André de Carvalho e Aline Nunes de Oliveira e os moradores Maria Aparecida Wrobel e o casal Amélia do Nascimento e Batista Magrinelli.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade