Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Onze meses de atraso

Investigada pelo MP, empreiteira promete entrega da trincheira da Leste Oeste para novembro

Pedro Marconi - Grupo Folha de Londrina
23 mar 2023 às 14:52
- Pedro Marconi/Grupo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A secretaria municipal de Obras e Pavimentação informou que o novo cronograma apresentado pela empresa responsável pela construção da trincheira no cruzamento da avenida Leste-Oeste com a Rio Branco, na área central de Londrina, projeta a entrega da obra em novembro. Os serviços foram iniciados em janeiro de 2020, com previsão inicial de término em janeiro deste ano.


No entanto, a prefeitura concedeu um aditivo de prazo, prorrogando para julho. Numa reunião no final e fevereiro entre representantes da construtora e do município a empreiteira havia indicado o mês de outubro para finalizar. Agora, solicitou mais um mês, o que ainda não foi oficializado. “Vamos analisar com muito critério e, se for necessário, daremos. O que queremos é a obra concluída e entregue. Choveu desde o final do ano passado até agora, isso impactou diretamente no cronograma do aditivo de prazo”, argumentou o secretário municipal de Obras e Pavimentação, João Verçosa.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Imagem
MP vai apurar repetidos atrasos nas obras da trincheira da Leste Oeste
O MP-PR (Ministério Público do Paraná) abriu um inquérito civil para apurar os motivos de descumprimento do cronograma d


Em documento encaminhado à pasta nesta semana – que a FOLHA teve acesso -, a empresa afirmou que houve aumento no quadro de funcionários no mês de janeiro e fevereiro e que ainda está contratando novos colaboradores para a intensificação das novas frentes de serviço. “Porém, existe no momento uma dificuldade na contratação e recrutamento de mão de obra qualificada para o atendimento das necessidades da obra”, alegou.

Leia mais:

Imagem de destaque
Trajeto mais adequado

Viaduto da PUC congestiona Av. Tiradentes e melhor acesso à ExpoLondrina será a PR-445

Imagem de destaque
Duas vezes por semana

Entregas dos Correios nos distritos de Londrina são retomadas nesta quinta-feira

Imagem de destaque
Mutirões mensais

Hoftalon reduz prazo para cirurgias de catarata de pacientes já autorizados pelo SUS

Imagem de destaque
Conscientização

Polícia Militar apreende quatro carros e uma moto em blitz em Londrina


A construtora, que tem sede em Curitiba, também relatou que na avenida Rio Branco, entre a Leste-Oeste e a rua Pandiá Calógeras, a rede de drenagem já foi feita e que atualmente está sendo executado a reconstrução do pavimento. No entanto, as chuvas teriam atrapalhado esse e outros serviços. “Nesses meses chuvosos estão sendo priorizados os serviços mais demorados e onerosos na sua produção proporcionando menos faturamento, ao invés dos serviços mais rentáveis como de pavimentação”, sustentou.

Publicidade


Imagem
PF executa operação contra mineração ilegal na Região Metropolitana de Curitiba
A PF (Polícia Federal) deflagrou nesta quinta-feira (23) a Operação Minério Legal,  dando cumprimento a tr&ecir

Cobrança


A TCE Engenharia também cobrou o município sobre a liberação dos aditivos financeiros que haviam sido sinalizados positivamente, como a atualização de valores pelo deslocamento da rede subterrânea da Copel, o reajuste contratual dos insumos e o reequilíbrio para adequação da rede de galeria pluvial. “Pedimos maior celeridade nos trâmites dos aditivos (reajuste/reequilíbrio) que são indispensáveis para manter a viabilidade e andamento do cronograma da obra”. Verçosa garantiu que não existem aditivos e realinhamos pendentes de análise na secretaria.


CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA

Imagem
Novo cronograma de empresa prevê entrega da trincheira em novembro
Empresa também pediu para prefeitura liberar aditivos de valores para manter viabilidade da construção; obra foi vistoriada por vereadores
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade