Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Incentivo ao esporte

Londrina abre licitação para construir Skatepark às margens do Lago Igapó

Redação Bonde com N.Com
14 abr 2024 às 10:30
- Emerson Dias/N.Com
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Com o objetivo de proporcionar um espaço adequado para eventos, competições e encontros de skatistas, a Prefeitura de Londrina está licitando a elaboração de projetos para o Skatepark, que será construído às margens do Lago Igapó I. 


Os envelopes dos licitantes que participam da Concorrência n° 0007/2024 foram abertos na última sexta-feira (12), às 13h, na Sala de Licitações situada na sede da administração municipal (avenida Duque de Caxias, 635, piso térreo).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


No total, o Município investirá até R$ 60.900,00 nos projetos referentes à iniciativa. Após a assinatura da ordem de serviço, o vencedor da licitação terá 90 dias para concluir esse trabalho. A meta da Prefeitura é realizar, ainda neste ano, a licitação para contratar a empresa que construirá o Skatepark.

Leia mais:

Imagem de destaque
Mountain bike

De Londrina para Maringá: 1,5 mil ciclistas participam da 6ª Rota das Catedrais neste sábado

Imagem de destaque
Doações

Defesa Civil de Londrina prorroga até dia 28 arrecadação para a campanha SOS RS

Imagem de destaque
Em vários locais

Feirão do Imposto acontece neste sábado em Londrina

Imagem de destaque
Sofriam maus-tratos

Hospital Veterinário em Londrina cuida de peixes betta apreendidos pela Polícia Ambiental em Jacarezinho


Com cerca de 1.500 metros quadrados, a estrutura terá pistas do tipo bowl e street. Ficará nas proximidades da antiga Casa do Papai Noel, que hoje é a sede da 4ª Companhia do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária.

Publicidade


A estimativa da Prefeitura é que o Skatepark demande um investimento de R$ 2 milhões para a sua construção. Desse valor, R$ 1 milhão já foi obtido através de emenda parlamentar do deputado federal Diego Garcia. Além disso, durante visita a Londrina realizada em novembro, o ministro do Esporte, André Fufuca, anunciou que o governo federal destinará mais R$ 1 milhão para a estrutura.


Imagem
Ana Castela, fenômeno do agronejo, encerra temporada de shows na ExpoLondrina
Ana Castela retorna ao line-up da ExpoLondrina neste domingo (14) para uma apresentação no estilo sunset, durante o pôr do sol.


O secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, destacou que Londrina conta com muitos praticantes de skate, incluindo nomes reconhecidos no Brasil, mas ainda não possui uma pista oficial da modalidade. Por isso, o Skatepark vem para suprir essa demanda, e a intenção é que ele possa receber diversos campeonatos, inclusive eventos internacionais.

Publicidade


“O Brasil é medalhista olímpico no skate e vai participar das Olimpíadas neste ano. E o Igapó é o lugar perfeito para incentivar esse esporte, pois é o nosso cartão postal. A nova pista vai reunir a comunidade local de skatistas, atrair turistas e fomentar a economia de Londrina. Além disso, os praticantes vão passar a ter um local seguro e alinhado a todas as medidas que são exigidas para que se possa praticar o skate de forma adequada”, disse.


Ainda segundo Canhada, tanto a escolha do local quanto a elaboração dos projetos contam com a participação ativa da Associação de Skate de Londrina (ASKL), e o Skatepark estará alinhado às diretrizes estabelecidas pela Confederação Brasileira de Skate.

Publicidade


“Trata-se de um ponto central, próximo a várias avenidas importantes como a Higienópolis, a Juscelino Kubitschek, a Duque de Caxias e a Souza Naves, e bem servido pelo transporte coletivo. Isso vai possibilitar que receba praticantes de skate vindos de todos os cantos da cidade”, pontuou Canhada.


Imagem
Deputados federais de Londrina discordam sobre retorno do DPVAT
Entre os deputados federais que representam Londrina, não houve consenso na votação da matéria - foram três votos “sim” e dois contrários ao projeto elaborado pelo governo Lula


De acordo com o vice-presidente da Associação de Skate de Londrina, Kooki Miyamoto, o Skatepark é a primeira iniciativa desse tipo na cidade, e colocará o skate em um local de destaque.

Publicidade


“É uma iniciativa muito bonita e muito importante porque Londrina, que já foi a capital brasileira do skate, hoje está apagada. Temos muitos skatistas bons e o Skatepark vai ajudar na formação dos novos atletas e também no treinamento dos praticantes atuais. Também vai ajudar a economia de Londrina, trazendo os eventos, estimulando a criação de escolinhas de skate e de aula de funcional e o comércio de alimentos e bebidas na região”, frisou.


Miyamoto salientou ainda que o uso do espaço público pelos cidadãos trará mais segurança e revitalizará a região. 


“Temos projetos de realizar um evento feminino de skate em Londrina, e também retomar a Taça ASKL, que é um evento clássico que a associação organizou por muitos anos. Além disso, vamos intensificar as celebrações pelo Dia do Skate, que aqui em Londrina é na data de 21 de junho, estabelecida pela lei municipal 12.513/2017. Com o apoio da Prefeitura, da FEL (Fundação de Esportes de Londrina) e da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), será possível realizar essas ações”, concluiu.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade