Pesquisar

Canais

Serviços

Gustavo Carneiro/Grupo FOLHA
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Obras

Londrina: Barraquinhas de lanche só vão sair da Rio Branco em 2022

29 nov 2021 às 19:06
Continua depois da publicidade

A TCE Engenharia, que está construindo a trincheira entre as avenidas Rio Branco e Leste Oeste, informou a Secretaria Municipal de Obras que só deve começar a implantar a ciclovia no trecho com a Tiradentes a partir de 14 de fevereiro de 2022. O local é conhecido pelas barraquinhas de lanche que há décadas estão no mesmo ponto e que na semana passada foram pegos de surpresa com a notícia de que seriam retirados do canteiro. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O aviso da construtora de que os trabalhos começam no ano que vem foi dado em ofício enviado na última sexta-feira (26). Nele, o representante da TCE, Guilherme Zilnyk, diz que o pedaço da Rio Branco entre a Leste Oeste e a Tiradentes terá que ser interditado para as obras. Como a FOLHA já mostrou, o projeto da prefeitura consiste na demolição de calçadas, mudanças nas bocas de lobo e diminuição do canteiro central para implantação de faixas exclusivas de ônibus. 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Com as alterações viárias, os taxistas também terão que deixar a via. A reportagem apurou que o secretário de Obras, João Verçosa, comunicou nesta segunda (29) a CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização) sobre o prazo estipulado pela TCE. Procurada, a assessoria de imprensa da companhia disse que ainda não tinha recebido o ofício, mas garantiu que os ambulantes serão chamados assim que o documento chegar.  


De acordo com a prefeitura, os custos da ciclovia estão dentro do contrato da trincheira, assinado em dezembro do ano passado. Somando verbas municipais e federais, o investimento gira em torno de R$ 25,5 milhões. 


Continue lendo na Folha de Londrina.

Continue lendo