Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Sem licença para táxi aéreo

Corpo de Bombeiros vai aumentar efetivo terrestre para busca de avião desaparecido na Serra do Mar

José Marcos Lopes - Especial para a Folha de Londrina
04 jul 2023 às 19:42
- BPMOA
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Corpo de Bombeiros anunciou nesta terça-feira (4) que vai aumentar o efetivo terrestre na busca pelo monomotor que desapareceu na manhã de segunda-feira (3) na Serra do Mar. A aeronave seguia de Umuarama (Noroeste) para Paranaguá (Litoral) quando perdeu contato por volta das 10h14 - a chegada estava programada para as 10h24. Estão desaparecidos dois funcionários da Casa Civil do governo do Paraná e o piloto.


A equipe de buscas terá 35 militares do Corpo de Bombeiros (até esta terça eram 16). Cinco aeronaves participaram das ações na região do Parque Nacional Guaricana, entre Morretes e Paranaguá: um helicóptero Black Hawk e um avião pelicano do Salvaero, da FAB (Força Aérea Brasileira); um helicóptero da Casa Militar do Paraná e dois helicópteros do BPMOA (Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas), equipados com infravermelho.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


“A busca não está sendo tão efetiva, devem ter passado por cima, se a aeronave estiver ali, e não devem ter visto nenhuma anomalia no terreno”, disse o major Fabrício Frazatto dos Santos, comandante dos Bombeiros no Litoral. “Vamos ter dificuldade de percorrer a área, é um terreno íngreme, de mata fechada. Devemos entrar com drones e alguns recursos adicionais.” Estão desaparecidos Felipe Furquim, de 35 anos, e Heitor Guilherme Genowei Júnior, 42, ambos funcionários da Casa Civil; e o piloto, Jonas Borges Julião, de 37 anos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Veja vídeo:

Dunga e a esposa sofrem acidente na BR-116 na região metropolitana de Curitiba

Imagem de destaque
Região

Motorista embriagado é preso após acidente com policial militar em Arapongas

Imagem de destaque
Turismo é destaque

Paraná tem 2º maior crescimento do País em 12 meses, aponta IBGE

Imagem de destaque
Por conta do mau tempo

Em Ibiporã, evento de astronomia que aconteceria neste sábado é adiado para agosto


- BPMOA


SEM LICENÇA PARA TÁXI AÉREO

Publicidade


No site da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) consta que a aeronave desaparecida não tem autorização para táxi aéreo. Isso significa que ela não pode transportar passageiros de forma comercial. O Piper Aircraft, modelo PA-28R-200, é um monomotor utilizado para viagens curtas e foi construído em 1974. Ele pertence a João Cezar Passos, de Umuarama, e como operadora consta o nome de Camila Pires Salviato. A Anac classificou como “normal” a situação de aeronavegabilidade do modelo.


CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA:

Imagem
Bombeiros vão ampliar busca por avião desaparecido na Serra do Mar
A aeronave seguia de Umuarama para Paranaguá; funcionários do Governo do Estado e piloto estavam a bordo


LEIA TAMBÉM:

Imagem
Avião que partiu de Umuarama com servidores do Estado desaparece na Serra do Mar
Um avião bimotor que decolou de Umuarama (noroeste) com destino a Paranaguá (litoral) desapareceu na manhã desta segunda-feira (3) na altura da Serra do Mar.
Imagem
Avião com assessores da Casa Civil do Paraná desaparece: o que se sabe sobre o caso até o momento
O Governo do Paraná confirmou, que, além do piloto, dois servidores estaduais embarcaram no avião que partiu de Umuarama e que deveria ter pousado em Paranaguá, no litoral, na manhã do mesmo dia.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade