Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Inclusive por homicídio

Acusado de matar homem em ônibus no Paraná tem extensa ficha criminal

Francielly Azevedo - Especial para a Folha
20 jun 2024 às 08:45
- Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O acusado de matar o auxiliar de produção Ozeias Branques dos Santos, de 40 anos, dentro de um ônibus do transporte coletivo de Curitiba, tem extensa ficha criminal.


Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (19), a delegada Camila Cecconello, da DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa) informou que Vagner do Prado, de 41 anos, tem diversas passagens policiais.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


"Nós checamos que ele tem antecedentes por organização criminosa, por tráfico de drogas, por roubo e por homicídio. Ele estava em monitoração eletrônica, havia sido concedida a liberdade provisória por um roubo que ele tinha cometido, então ele estava desde novembro usando tornozeleira", disse a delegada.

Leia mais:

Imagem de destaque
Outros dois estão foragidos

Suspeito de furtar roupas em loja é detido por segurança no Terminal Central de Londrina

Imagem de destaque
Na madrugada

Três homens são presos por transportar mais de 220 kg de maconha em Londrina

Imagem de destaque
Tráfico de entorpecentes

Integrantes de organização criminosa de Londrina são condenados à prisão pela Justiça

Imagem de destaque
homicídio

Homem de 36 anos é morto a tiros em conjunto habitacional de Apucarana


Ozeias morreu, na noite do último domingo (16), ao defender um casal que era vítima de homofobia e transfobia. A Polícia Civil divulgou imagens da câmera de segurança do ônibus que mostram o crime. 

Publicidade


Nelas é possível ver que Vagner e o sobrinho dele - menor de idade - entram no ônibus pulando a catraca. Logo começam a ofender e importunar um casal. Ozeias, que estava nos últimos bancos do coletivo, levanta e interfere. Neste momento, é golpeado diversas vezes pelas costas pelo adolescente, enquanto o tio o segura.


As investigações apontam que Vagner teria participação em outros dois homicídios: matou a namorada a facadas no dia 6 de junho e um homem em situação de rua uma hora antes de Ozeias.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Acusado de morte em ônibus tem extensa ficha criminal
Homem com ficha extensa é acusado de matar Ozeias Branques em ônibus de Curitiba ao defender casal de ataque homofóbico.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade