Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Região

Homem em carro furtado em Maringá morre em confronto com o choque da PM em Rolândia

Redação Bonde
13 jun 2024 às 10:47
- Divulgação/PM
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um homem que estava em um carro furtado em Maringá (Noroeste) morreu em confronto com o  Batalhão de Choque da PM (Polícia Militar) em Rolândia (região metropolitana de Londrina) na noite de quarta-feira (12).


Durante operação Sentinela, que está em andamento na região Norte do Paraná, por volta das 20h, a equipe Choque encontrou um suspeito em um veículo ilícito, conforme denúncia recebida pela PM. Houve a tentativa de abordagem do automóvel de cor preta, mas o motorista não acatou e evadiu-se. Em determinado momento, ainda de acordo com a PM, ele teria sacado uma arma de fogo e apontado em direção aos policiais, que revidaram. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O indivíduo chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Foi identificado como N.M.D.S.S., 32, pelo Corpo de Bombeiros, que o atendeu por volta das 20h30.

Leia mais:

Imagem de destaque
Tudo começou por ciúmes

Discussão em chá de bebê termina com homem atirando sete vezes contra carro em Apucarana

Imagem de destaque
Foi denunciado

Homem invade agência bancária pelo telhado, furta itens e acaba preso em Sabáudia

Imagem de destaque
Homicídio

Lutador morre após ser esfaqueado durante briga na rua em Maringá

Imagem de destaque
Peabiru

PRE apreende eletrônicos e mais de 200 vinhos importados em rodovia no PR


Posteriormente foi verificado que a o automóvel estava com sinais identificadores alterados e havia sido furtado em Maringá no dia anterior. 


Foram apreendidos um revólver calibre .32, seis munições de mesmo calibre, uma parafusadeira, um alicate, uma chave catraca e um dispositivo eletrônico para partida.


Atualizada às 11h08.


Imagem
CAC que vendia armas para o crime organizado é preso em Londrina
A Polícia Civil do Paraná prendeu nesta quarta-feira (12) um CAC (Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador) londrinense que estaria fornecendo armamento para o crime organizado.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade