Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Suspeito fugiu e não foi preso

Homem invade casa e furta celular e perfume enquanto vítima o observa em Apucarana

Redação Bonde
15 mai 2024 às 13:15
- Divulgação/PMPR
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um homem foi acusado de invadir a casa de um casal e de furtar um celular e um perfume feminino no Jardim Colonial, em Apucarana, no Centro-Norte do Paraná, na madrugada desta quarta-feira (15).


A vítima, uma mulher de 55 anos, chamou a Polícia Militar e contou aos agentes que estava dormindo em seu quarto quando viu o homem furtando o celular e o perfume.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A mulher disse, ainda, que o acusado usou a lanterna do aparelho para olhar dentro de um guarda-roupa, em busca de outros itens para furtar.

Leia mais:

Imagem de destaque
Norte Pioneiro

Preso acusado de invadir asilo e estuprar idosa em Andirá

Imagem de destaque
Veículo apreendido

Homem é preso com mais de 200 quilos de maconha em Sertanópolis

Imagem de destaque
Polícia investiga o caso

Homem é deixado em hospital e morre na porta de entrada em Ibiporã

Imagem de destaque
Operação conjunta

Preso em SP homem acusado de ter estuprado criança em 1998 em Apucarana


Nesse momento, a vítima chamou seu esposo, que dormia ao seu lado na cama. O homem se mexeu e, com isso, o suspeito saiu do quarto, indo até a sala, onde abriu uma das portas da estante para procurar por outros objetos.


Na sequência, o suspeito teria saído da casa e pulado o muro. O acusado não foi encontrado e os objetos furtados não foram recuperados.


Imagem
Condutora de motoneta fica ferida após bater em traseira de carro na PR-445, em Cambé
Uma jovem de 27 anos ficou ferida após colidir a motoneta que pilotava contra a traseira de um carro na PR-445, em Cambé (Região Metropolitana de Londrina), na manhã desta terça-feira (14).


Imagem
Polícia resgata idoso sequestrado em Londrina; criminosos exigiam R$ 1 milhão
Um idoso de 87 anos foi resgatado de um cárcere em que foi mantido por três dias como forma de extorquir a família para o pagamento de R$ 1 milhão em resgate, em Londrina, nesta segunda-feira (14). O sequestro ocorreu no sábado (11).
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade