20/06/21
PUBLICIDADE
Peça chave na sala de jantar

Arquiteta explica como usar o buffet na decoração

Divulgação
Divulgação


Trazendo múltiplas opções de decoração e funcionalidade, os buffets surgiram nas salas de jantar como uma extensão da mesa. Muito presente nas casas inglesas e francesas do século XVIII, as peças cumprem a função de organizar os talheres e louças, além de servir de apoio para comes e bebes durante as refeições. Entusiasta do uso do aparador em seus projetos, a especialista Carina Dal Fabbro, arquiteta à frente do escritório de arquitetura que leva seu nome, pontua que o móvel não precisa estar invisível na sala. "O uso mais comum dos buffets é guardar louças e talheres especiais que não são tão utilizados no dia a dia, mas a sua função tem sido ressignificada pela necessidade de aproveitamento de espaço em casas e apartamentos menores”.

No décor, o móvel pode servir também de apoio para obras de arte, bandeja de bebidas, cafeteiras e outros objetos decorativos que mostrem a personalidade e estilo do morador, além de compor o ambiente.

Tamanho
A arquiteta explica que a altura ideal para o móvel é de 85 cm e profundidade de 50 cm. A largura, por sua vez, pode variar de acordo com o espaço disponível. "Na hora da escolha, é valioso analisar exatamente o espaço que se tem no cômodo e pensar sempre na circulação”, diz Carina.

A decisão do modelo depende exclusivamente da necessidade. Se a família tem mais louças para acomodar, por exemplo, a melhor opção é investir em uma peça com portas. Agora, se falta espaço para toalhas de mesa, guardanapos e outros elementos da mesa posta, apostar em um buffet com gavetas é uma boa pedida.

Em se falando de cor, estilo e acabamento, os buffets são democráticos e têm para todos os gostos! Os que atendem ao estilo retrô são marcados pelas linhas horizontais e pés em formato palito. Já os clássicos, muitas vezes acompanham alguma cor sólida do ambiente, como o preto ou branco, e podem ganhar um ar mais moderno quando suspensos. Independentemente do viés decorativo, é fundamental que esteja harmonizado com o restante da decoração. "Há uma infinidade de combinações. Podemos colocar o buffet obedecendo a paleta de tons da sala de jantar ou fazer dele um destaque e apostar em uma cor que contraste com as demais”, afirma Carina.

Divulgação
Divulgação


Aparador versus Buffet
Ao contrário do que muitos pensam, aparador e buffet não são a mesma coisa. Em linhas gerais, o aparador é um móvel de apoio mais estreito e simples, que possui apenas pé e tampo e marca presença em halls de entrada, corredores e encostados ao sofá como peças decorativas. Carina revela que o aparador dá um tom mais leve à decoração, mas muitas vezes não contribui para a funcionalidade do ambiente. "Os buffets são móveis mais robustos e que possuem um uso interno, já o aparador ajuda apenas no servir”, finaliza.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
Continue lendo
Revestimento

Como cuidar de piso vinílico?

19 JUN 2021 às 10h00
Projetos de Design

Cinco dicas para combinar tons de madeira na decoração da cozinha

18 JUN 2021 às 15h37
Colorida e divertida

Dicas de decoração para tornar a sua festa junina em casa ainda mais criativa

17 JUN 2021 às 14h46
Industrial, retrô, romântico

Qual estilo de decoração combina mais com você?

16 JUN 2021 às 15h39
Chegada do Inverno

Quatro dicas para garantir um banho quentinho com o chuveiro elétrico

15 JUN 2021 às 15h08
De olho na rua

Condomínios e vizinhos se unem para fortalecer segurança da rua

14 JUN 2021 às 15h46
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados