05/03/21
PUBLICIDADE
Dicas

Casa de praia: cuidados para evitar o mofo e a maresia

Pixabay
Pixabay


Com o início do verão e o aumento da temperatura em todo o país, a alta temporada leva os turistas ao litoral. Segundo pesquisas divulgadas pela Expedia, viajar à praia é essencial para 77% dos brasileiros e 81% dos entrevistados preferem viajar na estação mais quente do ano.


Adquirir um imóvel em uma das mais de duas mil praias brasileiras é uma ideia que provavelmente já passou pela cabeça de muitas pessoas. Em 2021 é estimado um crescimento de 20% nos lançamentos de imóveis no litoral.

Para muitos, a casa de praia representa períodos de alegria, longe do estresse da cidade. Mas o excesso de umidade pode interromper os momentos de relaxamento e trazer inúmeras dores de cabeça.

O litoral e a questão da umidade nos imóveis

Um problema recorrente principalmente quando o imóvel não é utilizado é o mofo e o mau cheiro. Tanto apartamentos, quanto casas na praia trazem como um dos maiores desafios combater o cheiro desagradável e característico de ambientes fechados. É o resultado do período em que os imóveis ficam vazios.

A umidade excessiva, além de causar mofo e o mau cheiro, também causa a deterioração de móveis e eletrodomésticos. Nem a madeira e nem metais estão livres dos danos. Enquanto o mofo destrói todo material orgânico, os efeitos da maresia corroem os objetos de metal.

No litoral, a casa toda está sujeita a sofrer com o excesso de umidade. Alguns cômodos, como banheiros e cozinha, são os mais afetados. Isso ocorre porque nos banheiros, além da umidade local que já é elevada, ainda sofre o acréscimo da umidade por conta do vapor dos chuveiros. Já na cozinha, o vapor do cozimento de alimentos é um adicional a umidade.

Há que se considerar também imóveis com suítes. Nesses casos, o aumento da carga úmida do ambiente ocorre por conta do vapor dos chuveiros que se soma à umidade já existente devido à localização. São afetados nas suítes os guarda-roupas ou armários, roupas de cama e outros tecidos que acumulam também ácaros.

Ácaros são extremamente prejudiciais para quem tem doenças alérgicas, principalmente respiratórias como rinite, bronquite e asma, podendo desencadear as crises alérgicas. "Os alérgenos, como ácaros, fungos e pólen, ficam em maior concentração no ar, o que possibilita maior contato com nosso sistema respiratório, nariz, boca e olhos, levando a sintomas de rinite, conjuntivites e asma alérgica”, explica a alergista e imunologista do Hospital Materno Infantil (HMI), Lorena Diniz.

Outra dificuldade comum no litoral, principalmente na época das chuvas, é com a secagem das roupas. Mesmo expostas no varal, quando a umidade é muito elevada, apresentam dificuldade para secar.

Como combater o excesso de umidade nas casas de praia

O excesso de umidade é responsável pelo surgimento de bolor e mofo nas superfícies, a proliferação de ácaros, e causam a deterioração de móveis e eletrodomésticos na casa de praia.

Para controlar a umidade é possível contar com o uso de desumidificador. Presente há mais de 36 anos no mercado, o equipamento promove a conservação dos bens do imóvel e os cuidados com a saúde respiratória.

Com o uso de desumidificador, a Thermomatic produtora de desumidificadores explica que remove-se o excesso de umidade do ambiente e mantêm-se os níveis estabilizados entre 50% e 60%, conforme é recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como ideais para o ser humano.

Os benefícios do uso de um desumidificador incluem:

- Previne a proliferação de ácaros, fungos e bactérias;
- Elimina o mau cheiro de casa fechada;
- Protege eletrodomésticos e eletrônicos contra maresia;
- Previne bolor e mofo em armários e gavetas;
- Acelera a secagem de roupas;
- Conserva alimentos na despensa;

- Garante qualidade do ar para toda a família.
Redação Bonde com assessoria de imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Pra se inspirar!

Quarto de casal: dicas para escolher cabeceira, mesa lateral e cama

04 MAR 2021 às 17h10
Dicas

Casa de praia, campo e cidade: que revestimento escolher?

04 MAR 2021 às 14h42
Toque requintado

Peseiras: profissionais explicam como utilizá-las na composição do dormitório

03 MAR 2021 às 17h00
Fica em casa!

Mais de um ano de pandemia: confira dicas para aumentar o conforto da sua casa

03 MAR 2021 às 10h00
Bem-estar

O que não pode faltar na decoração do quarto infantil

02 MAR 2021 às 17h00
Sofisticação

Cubas esculpidas: saiba tudo sobre esse elemento escultural

02 MAR 2021 às 14h28
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados