Pesquisar

Canais

Serviços

iStock
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Anote essas dicas

É possível economizar energia mantendo as luzes e decorações em casa no Natal

Redação Bonde com assessoria de imprensa
26 nov 2021 às 00:00
Continua depois da publicidade

Enfeites natalinos devem levar em conta crise hídrica em que país se encontra

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A seca afeta a produção de energia. Com a crise hídrica, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) determinou a mudança de bandeira e o encarecimento da conta de luz. Nesse período de final de ano, a tendência é a conta aumentar ainda mais com a decoração natalina. As tradicionais lâmpadas de piscar consomem bastante energia e novas estratégias devem ser adotadas para decorar economizando.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


É importante usar a criatividade para a decoração. Antes de tudo, é possível enfeitar a árvore de Natal, a casa e o comércio com itens diversos. Com as crianças, é interessante incentivar que elas mesmas façam os enfeites decorativos. Utilizando uma prática sustentável, é possível reutilizar papelões e embalagens que iriam para o lixo para criar elementos decorativos.


Para os que não querem deixar de lado as luzinhas de Natal, existe a possibilidade de economizar eletricidade mesmo enfeitando a casa. Para tanto, é recomendado utilizar luzes de LED, que consomem até 80% menos de energia, comparada às tradicionais. Além de serem econômicas, são ainda mais eficientes e brilhantes e duram mais do que as outras.


A potência também deve ser observada. Quanto maior a potência, maior o consumo de energia desse item decorativo. Assim, na hora da compra, pode-se investir em uma menor potência que consuma menos energia. A casa continua decorada, mas com um consumo que não impacta tanto na conta de luz do final do mês. No momento da compra, vale identificar se o produto tem o selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

Continua depois da publicidade


Outra recomendação é limitar o número de horas em que as luzes pisca-pisca permanecerão ligadas. Não adianta deixar as luzes ligadas sem ninguém vendo, pois é um desperdício de energia. Assim, o ideal é ligá-las somente quando necessário para impressionar quem assiste. As luzinhas ligadas somente quando tem pessoas observando também ajuda a evitar acidentes. É preciso tomar bastante cuidado, tanto na instalação, quanto na manutenção das mesmas.


Antes de decorar a casa com luzinhas de Natal, é importante verificar as instalações elétricas. Um eletricista pode averiguar se não há fios desencapados que levam à fuga da corrente. É importante também examinar o estado dos fios das luzinhas, caso elas sejam muito antigas. Evitar acidentes é primordial. Para tanto, as luzes pisca-pisca não devem ficar próximas à janela, em área sujeita à chuva. Deve-se também tomar cuidados com o toque das crianças e dos animais de estimação. As luzes pisca-pisca em áreas externas precisam de atenção redobrada.

Continue lendo