Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Só falta a taça

13 out 2006 às 11:00
Continua depois da publicidade

Um verdadeiro anti-clímax tomou conta do Mundial de F-1 após o GP do Japão. Depois de descontar 25 pontos de desvantagem e se aproximar de um título épico, para coroar sua carreira com o octa, Michael Schumacher viu suas chances de mais uma conquista explodirem literalmente junto com seu motor Ferrari, que não costuma protagonizar espetáculos pirotécnicos.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Com isso, Fernando Alonso abriu 10 pontos de vantagem e agora só perde seu segundo título se for vítima de uma improvável combinação de resultados: um abandono na última prova, em Interlagos somado à uma vitória de Schumacher. O alemão queixudo deixará a principal categoria passando o cetro para um legítimo herdeiro que, se a McLaren colaborar em 2007, deve dominar a F-1 nos próximos anos.

Continua depois da publicidade


Fim do jejum


Em terras tupiniquins o São Paulo também está cada vez mais próximo de quebrar o jejum de 15 anos e voltar a conquistar o Brasileirão. Apesar de ter vivido uma fase de pouca inspiração, que deixou a torcida temerosa, o time contou com a sorte comum aos campeões para manter uma boa folga na liderança e caminhar a passos largos rumo ao título, ainda mais agora que voltou a jogar o futebol apresentado no começo do campeonato.

Continua depois da publicidade


A ameaçar o título dos paulistas, apenas a dupla Gre-Nal, o primeiro já feliz pela boa campanha após retornar da Série B -- com a torcida satisfeita pela vaga quase certa na Libertadores; o segundo já mobilizado para a disputa do Mundial Interclubes no final do ano. Já o Santos, ainda é vítima de certa irregularidade, apesar do inquestionável reforço de Zé Roberto e da costumeira competência de Luxemburgo. Correndo por fora, mas pensando mais em se consolidar no grupo da Libertadores, o Paraná, a grande surpresa da competição, viveu um momento de queda, ironicamente iniciado após perder -- graças a atuação prejudicial da arbitragem -- para o próprio São Paulo.


Ainda faltam 10 rodadas, mas que o caminho para o título tricolor parece consolidado não há grandes dúvidas. Basta o time manter o ritmo.


Foice no escuro


Depois da "calorosa" recepção de sua torcida após mais uma derrota, o Coritiba voltou a encontrar o caminho da vitória com direito a goleada sobre o Marília. Mesmo sem reeditar as boas apresentações de grande parte do primeiro turno, o Coxa voltou a figurar entre os forte candidatos a uma vaga na elite em 2007, mas para isso terá que disputar cada uma das nove partidas restantes com o espírito da Série B, sem frescuras e com muita dedicação e empenho. Sem isso a primeira divisão torna-se um sonho distante.


Nota 10


Para Robert Scheidt e Bruno Prada, vice-campeões mundiais da Classe Star, provando que o talento independe da categoria e do tamanho dos barcos.


Nota 0

Para a aproximação de Pelé e Ricardo Teixeira, em nome do megalômano sonho de trazer a Copa do Mundo para o Brasil.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade