Pesquisar

Canais

Serviços

- Pixabay
Segurança digital

A sua senha é segura? Saiba como se proteger

CV Folha
27 abr 2021 às 08:02

Muitas pessoas ficam incomodadas ao criar uma senha: algumas acham isso um processo chato e outras não dão a menor importância em ter uma senha segura. O que acaba acontecendo é a criação de uma senha rápida, por exemplo, com uma série de números como 123456, o sobrenome, o time de futebol que mais gosta ou mesmo a data de aniversário.


Entretanto, esses tipos de senhas fazem a alegria dos hackers que conseguem obter o código facilmente e acabam colocando esse "produto" à venda em fóruns e na dark web, causando enormes transtornos aos usuários menos precavidos. Os hackers usam robôs para conseguir roubar as senhas e a função dessas máquinas é ir tentando encontrar todas as combinações de senhas até achar uma correta.


Para se ter uma ideia de como as pessoas dão pouca importância à segurança de suas senhas, o Centro Nacional de Segurança Cibernética (NCSC), órgão governamental do Reino Unido, descobriu que a senha 123456 que citamos acima é a senha mais comum no mundo, utilizada por mais de 23 milhões de pessoas para acessarem suas contas ou serviços na internet.


O maior problema dessas senhas sem segurança é que milhares de pessoas costumam utilizar ao redor do mundo e aumentam demasiadamente a chances de serem hackeadas.


Entretanto a alternativa a isso é algo trabalhoso. Caso fossem utilizar o procedimento indicado pelos especialistas em cibersegurança seria preciso criar uma senha diferente para cada conta. Para poder memorizar todas elas só mesmo através de um aplicativo gerenciador de senhas ou mesmo à moda antiga, escrevendo em um caderno cada uma delas.


Mas um meio-termo precisa ser encontrado porque essas senhas com números sequenciais, sobrenome, times de futebol, nome de astros da TV ou do esporte devem ser abandonadas porque elas são presentes para os hackers. O uso de uma VPN também pode ajudar, aqui você encontra alguns reviews sobre VPN. O serviço de VPN é oferecido por vários aplicativos que constam do Google Play Store e também disponibilizado em vários programas antivírus.. Falaremos mais sobre o funcionamento dessa "rede privada” abaixo.


Melhorando a segurança de suas senhas
Neste ano de 2021 os ataques de hackers aumentaram muito e estão se tornando cada vez mais comuns. É preciso mudar suas senhas com certa frequência para que suas contas permaneçam seguras. Caso você tenha visto sua senha em alguma listagem de senhas hackeadas, não perca tempo e mude de imediato. Alguns passos são bastante fáceis, como:


● Utilize senhas diferentes para cada conta;


● Crie senhas com oito caracteres ou mais;


● Utilize letras maiúsculas, minúsculas, números, caracteres especiais e espaços entre as palavras;


● Procure mudar suas senhas a cada dois ou três meses, isso trará ainda mais segurança para você.


Alguns sites oferecem a possibilidade de que a verificação da senha seja feita em duas etapas. Ou seja, além da própria senha, é também gerado um determinado código criado pelo site e enviado via SMS. Somente com a senha e o código será possível acessar a conta. Isso garante que um hacker fique impossibilitado de obter as duas chaves e não consiga desse modo acessar a sua conta.


Concluindo, se você não tem tempo ou paciência de ficar alterando suas senhas, a melhor opção seria utilizar um gerenciador de senhas. A função dele é criar senhas com alto nível de criptografia tornando as senhas seguras. Existem várias opções no mercado basta pesquisar.


O que é VPN?
O significado de VPN - Virtual Private Network” ou em português, Rede Privada Virtual é uma conexão de rede protegida. Ela na verdade criptografa as atividades online e tornam o usuário anônimo. Isso dificulta a vida dos hackers que tentam roubar os seus dados e protege sua navegação. Quando o usuário se conecta a um servidor VPN , o tráfego de Internet entra através de um túnel criptografado e isso faz com que nem mesmo o seu próprio provedor de Internet, hackers ou órgãos do governo consigam ver o conteúdo desse trafego.


Além disso, quando se acessa a internet através de uma VPN o endereço IP, que é o seu número identificador se altera e ninguém saberá exatamente onde você está. Dependendo do serviço de VPN que você disponha é possível navegar como se morasse na Alemanha, Bélgica, Japão ou onde mais o serviço disponibilizar. Os sites visitados ficam impossibilitados de saber a sua real localização geográfica.

Com o uso dessa proteção e um cuidado maior na criação de senhas, sua vida online será mais segura.


Continue lendo