Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Música 'pé vermelho'

Bandas autorais de Londrina se apresentam no domingo na 'Festa no Covil'

Redação Bonde com assessoria
11 mar 2022 às 16:04
Continua depois da publicidade

O público londrinense terá a oportunidade de conhecer o que está sendo feito de produção musical autoral em Londrina na “Festa no Covil”, programada para o domingo (13), a partir das 18h. Vão se apresentar no palco do Cativeiro Bar as bandas Guinebissau, Matina, Droogies, além de discotecagem do DJ Marcelo Sapão. Para entrar, além do ingresso, será exigido o uso de máscara e a apresentação do comprovante de vacina. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE



Uma das atrações da festa, o duo londrinense Guinebissau foi formado em 2019 por Thiago Franzim e Douglas Labigalini. Nascido sem muitas pretensões na casa da Dona Cida, o Guinebissau fez do porão da vó um estúdio improvisado. Microfones emprestados, bateria remendada, guitarra suando, calor de janeiro, ventilador no máximo. Durante três dias, em meio às fotos de família que vão dos anos 50 aos 90, surgiram os primeiros quatro sons do que hoje é o Guinebissau. O EP "Talvez pode ser quem sabe", lançado pelo selo carioca Abraxas Records em novembro de 2021, marca a estreia do duo. 

Continua depois da publicidade



Autoral, londrinense e com sangue no olho, a Matina é um quarteto formado por Rodolfo Menon (vocal), Diego Jordão (bateria e backing vocal), Pedro Portello (baixo) e Lucas Freitas (guitarra). A banda soma o rap cheio de groove, com o peso do trap e do hardcore. O álbum de estreia "Primeiro do Dia", lançado no segundo semestre de 2019, está disponível em todas as plataformas digitais. O disco reúne composições com críticas sociais que refletem tanto o cenário nacional, sobretudo a política e a realidade dos bairros e periferias londrinenses. Além disso, também exalta e homenageia as vivências de seus integrantes, sobretudo as relacionadas à cidade. 



Em 2022, o trio de punk rock Droogies comemora 20 anos. A banda já lançou quatro álbuns independentes: D.E.M.O (2003), Street Stripper (2005), Droogies (2009) e Power Treta (2019). O Droogies também participou da coletânea tributo ao Misfits (USA) na América do Sul e se apresentou ao lado de nomes como CJ Ramone (USA), Mudhoney (USA), Coffin Lids (USA), Olho Seco, Cólera, Ratos de Porão, Lobotomia, Ação Direta, Nitrominds, Questions, Street Bulldogs, além de outras referências importantes do hardcore e punk rock nacional. O trabalho mais recente, Power Treta, foi lançado pouco antes da pandemia do coronavírus e traz dez faixas inéditas, produzidas no estúdio High Voltage por Gustavo Di Lorio, com a sonoridade característica do trio: hardcore e punk rock em músicas que versam sobre críticas sociais, depressão, conflitos existenciais e ficção bem-humorada. 


Além das três atrações, a Festa No Covil ainda terá a discotecagem do renomado DJ londrinense Marcelo Sapão, que promete um set de muito swing, groove e peso para quem quer curtir o encerramento do fim de semana em grande estilo. 

Continua depois da publicidade


A entrada para a “Festa no Covil” custa R$ 15. O Cativeiro Bar fica na Avenida Presidente Castelo Branco, 1.537.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade