Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Na Vila

Santos cede empate ao Flu e segue sem vencer

Agência Estado
07 jun 2012 às 00:23
As duas equipes entraram em campo com muitos desfalques - Agência Photocamera
Publicidade
Publicidade

Desfalcados de seus principais jogadores, Santos e Fluminense empataram por 1 a 1, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 3ª rodada do Brasileirão. Com pouca inspiração, os dois times fizeram um jogo morno e só balançaram as redes graças às falhas das duas defesas, ambas no primeiro tempo.

Em clima de despedida, o atacante Rentería abriu o placar após erro de Edinho na saída de bola. Carlinhos buscou o empate ao converter pênalti feito por Adriano, depois de perder a bola na entrada da área.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


As duas equipes entraram em campo com muitos desfalques. Fred, Deco, Rafael Moura, Rafael Sobis e Thiago Neves, todos contundidos, estavam ausentes no Fluminense, que jogou ainda sem o atacante Wellington Nem, integrado à seleção brasileira. Também com a equipe de Mano Menezes, Neymar e Rafael desfalcaram o Santos. O técnico Muricy Ramalho ainda não pôde contar com Ganso, Arouca e Borges, machucados.

Leia mais:

Imagem de destaque
Ê, Brasil

Mulheres ainda temem ir a estádios de futebol e cobram maior segurança

Imagem de destaque
Outros esportes

Copa América nos EUA aproxima jogadores da seleção do universo de NFL e NBA

Imagem de destaque

'Pelo Palmeiras, está vendido', diz Leila Pereira sobre Dudu

Imagem de destaque
Abre dia 10

O que o Corinthians planeja fazer antes da janela de transferências


Como resultado, o Santos segue sem vencer no Brasileirão. Soma apenas três pontos, em três jogos, e ocupa a parte intermediária da tabela. O Fluminense, por sua vez, soma cinco pontos, próximo do G-4.

Publicidade


O JOGO - Mesmo sem Neymar e Ganso, o Santos começou no ataque nesta quarta e abriu o placar logo aos 4 minutos, ao contar com uma ajuda da defesa carioca. Rentería aproveitou erro de Edinho na saída de bola, disparou em direção à área e bateu por cobertura. Diego Cavalieri ainda raspou na bola, mas não pôde evitar o gol. Foi apenas o segundo gol do colombiano, em 20 jogos, com a camisa santista.


Embalado pelo gol, o time da casa até tentou capitalizar o bom momento em campo, mas parou na falta de entrosamento e nos erros no meio-campo. Na função de armador, o lateral Léo não acompanhava o ritmo de Alan Kardec e Rentería. Elano, em mais uma atuação discreta, quase não aparecia para municiar o ataque.

Publicidade


O Fluminense, então, aproveitou o espaço e quase marcou com Lanzini, aos 9, e Marcos Júnior, impedido, aos 22. O empate acabou surgindo em mais uma falha do meio-campo santista. Adriano perdeu a bola na entrada da área e fez pênalti em Carlinhos. O próprio lateral foi para a cobrança e bateu firme no canto esquerdo de Aranha, aos 26.


Com o mesmo clima morno, os dois times seguiram sem empolgar no segundo tempo. O Fluminense, porém, levava mais perigo no ataque. Aos 10, Carlinhos cruzou com perigo e Jean bateu em cima da zaga, dentro da pequena área. Dez minutos depois, o mesmo Jean escapou pela esquerda sem marcação e cruzou na área. Aranha deu rebote e Samuel cabeceou para as redes. O árbitro, porém, marcou impedimento duvidoso.

Publicidade


Enquanto a equipe carioca crescia em campo, o Santos continuava a acumular passes errados, principalmente no setor ofensivo. Na melhor chance, Alan Kardec dominou de primeira dentro da área e bateu de voleio, rente à trave direita de Cavalieri, aos 17.


Muricy Ramalho, então, decidiu mudar o meio-campo. Colocou Felipe Anderson e devolveu Léo para a lateral esquerda. Na sequência, colocou os atacantes Geuvânio e Vítor Andrade, de apenas 16 anos, em campo. Mas as alterações não surtiram efeito e o Santos teve que se contentar com o empate diante de sua torcida.

Na próxima rodada, o Santos fará o clássico com o São Paulo, domingo, no Morumbi. O Fluminense receberá o Internacional, no Engenhão, no mesmo dia.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade