Pesquisar

Canais

Serviços

Carol Coelho/CBAt
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Com a seleção brasileira

Atleta da Londrina/FEL/IPEC disputa Pan-Americano na Colômbia

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
01 dez 2021 às 15:44
Continua depois da publicidade

Destaque da equipe Londrina/FEL/IPEC, a jovem Gabriela Tardivo é uma das atrações da seleção brasileira que disputa os Jogos Pan-Americanos Júnior (Sub-23), em Cali, na Colômbia. Aos 17 anos, a atleta abre sua participação nesta quinta-feira (2) na prova dos 1500 metros rasos. Ela volta à pista no dia 4 para participar dos 3000 metros com obstáculos.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Apontada como uma das principais promessas do atletismo nacional, Gabriela vive a melhor temporada de sua carreira e mostra evolução. Somente em 2021, ela teve cinco convocações para seleções brasileiras e foi uma das poucas atletas do país que alcançaram convocações em três categorias: sub-18, sub-20 e sub-23. Além do Pan Júnior, a atleta também foi chamada para defender o país nos Campeonatos Sul-Americanos das categorias sub-18, sub-20 e sub-23, e também no Pan-Americano sub-20.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Competindo nas duas categorias acima, Gabriela enxerga na competição uma oportunidade de ganhar mais experiência. “A gente vem num processo importante, de crescimento, ganhando experiência com essas oportunidades, e isso tem me deixado muito confiante em relação ao futuro. Espero mais uma vez poder fazer meu melhor na pista e buscar um bom resultado para o nosso país”, declarou a jovem.


A Menina de Ouro, apelido que ganhou nas competições nacionais, lidera os rankings nacionais das categorias sub-18 e sub-20 da prova dos 1500 metros rasos, dos 2000 metros com obstáculos sub-18, e é segunda colocada na lista dos 3000 metros com obstáculos da categoria sub-20. Na sub-23, categoria do Pan, ela é vice-líder do ranking nacional tanto nos 1500 como nos 3000 metros com obstáculos. A jovem é treinada por Cristiano Ribeiro.


O Projeto Londrina Atletismo conta com incentivo da Copel e Governo do Paraná, através do programa Proesporte, e tem patrocínio da Prefeitura de Londrina e FEL (Fundação de Esportes de Londrina), através do Feipe (Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos), Ipec (Instituto Paranaense de Esporte e Cultura) e Colégio Ética; e parceria da UEL (Universidade Estadual de Londrina), Maximus Assistencial, Ivot Ortopedia, Ômega Diagnósticos, Espaço Saúde Integral Londrina e Academia AS Fitness.

Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo