18/11/19
º/º
PUBLICIDADE
Em Maringá

Paranaense Juvenil de handebol define campeões neste fim de semana

Com 15 equipes participantes, oito chegaram à fase semifinal da Chave Ouro do Campeonato Paranaense de Handebol Juvenil, promovido pela Liga de Handebol do Paraná. Após quatro etapas, os campeões serão conhecidos neste fim de semana, em Maringá.

Shutterstock
Shutterstock


As quatro semifinais serão realizadas na sexta-feira (1), no ginásio de esportes Chico Neto a partir das 16h30. Única equipe a chegar à reta final com 100% de aproveitamento, as atuais vice-campeãs do Santa Maria/ACH/Cascavel abrem a rodada decisiva diante do elenco de Santo Antônio do Sudoeste Handebol. Na sequência, às 18 horas, as atuais detentoras do título estadual da Prefeitura de Maringá/Unimed/Unicesumar jogam com o forte selecionado do Sejuv/Sarandi Handebol pela segunda vaga à grande final.

Já às 19h30 entram em quadra o time campeão 2018 da Prefeitura de Maringá/Unimed/Unicesumar contra Jussara Handebol, medalhista de bronze da última edição da competição. Em seguida, às 21 horas, medem força pela última vaga à final as seleções do MRV/Unicesumar/Unimed/Londrina e ACH/Associação Cascavelense de Handebol.

Os vencedores se enfrentam pelo título no sábado (02), com a decisão feminina às 11h30 e a masculina às 13h30.

Melhores do Ano

A fim de reconhecer atletas, técnicos e dirigentes do handebol que se destacaram por sua atuação ao longo da temporada 2019, a Liga de Handebol do Paraná promove o Prêmio Melhores do Handebol Paranaense. Pela categoria sub-18 da principal divisão do Estado, concorrem ao troféu de atleta destaque Kauhana Kowalek, da AHSI/Saudade do Iguaçu, com 12 votos, além de Luana Silva, de Sarandi, que foi indicada nove vezes, e a cascavelense Isabelly Santos, que até a 4ª etapa recebeu seis votos. As três jogadoras também lideram a artilharia da competição, que deverá ser definida somente após o encerramento do evento.

Já o cascavelense Matheus de Paula assume a ponta do naipe masculino ao receber nove votos, seguido de Gustavo Souza, de Astorga/Academia

Corpo e Saúde/Handebol, com sete, do maringaense Gabriel Campaner e do londrinense Lucas Esquetini, ambos indicados seis vezes. Enquanto que o jogador Alison Schuck, de Cascavel, é o maior goleador do torneio masculino, com 58 gols marcados.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Rebaixamento no retrovisor

Com empate em casa, LEC vê Série C cada vez mais perto

Veja mais e a capa do canal