Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Embutidos

Linguiça calabresa, paio ou portuguesa: qual a diferença?

Redação Bonde
29 abr 2013 às 07:49
Continua depois da publicidade

Você pretende preparar uma bela feijoada ou simplesmente um aperitivo para acompanhar a cerveja gelada, mas na hora de comprar sempre se confunde ao escolher o tipo certo de linguiça? Então leia as definições abaixo e acabe de vez com suas dúvidas.

Continua depois da publicidade

De um modo geral, entende-se por linguiça o produto cárneo industrializado, obtido de carnes de animais de açougue, adicionadas ou não de tecidos adiposos e temperos. Esses ingredientes são embutidos em envoltório natural ou artificial e submetidos ao processo tecnológico adequado. No entanto, há uma diferença muito grande entre as diversas variedades de linguiças existentes no mercado, que se dão principalmente pela composição do alimento e das técnicas de fabricação.

Continua depois da publicidade


Linguiça Calabresa: é o produto obtido exclusivamente de carnes suína, curado e adicionado de ingredientes, devendo ter o sabor picante característico da pimenta calabresa. Essa linguiça é submetida ao processo de estufagem ou similar para desidratação e/ou cozimento. Já o processo de defumação é opcional.


Linguiça Portuguesa: também é obtida exclusivamente de carnes suína, curada e adicionado de ingredientes. É obrigatoriamente submetida à ação do calor com defumação. A forma de apresentação consagrada do produto é a de uma "ferradura". Tem sabor acentuado de alho.

Continua depois da publicidade


Linguiça Toscana: é o produto cru e curado obtido exclusivamente de carnes suínas, adicionada de gordura suína e outros ingredientes.


Paio: este produto é obtido de carnes suína e bovina (máximo de 20%) embutidas em tripas natural ou artificial comestível. Também é curado e adicionado de outros ingredientes e submetido à ação do calor com defumação.

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento


Continue lendo