Pesquisar

Canais

Serviços

- Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Prevenção

Veja como escolher plano de saúde para pet

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
03 mai 2022 às 17:16
Continua depois da publicidade

A prevenção de doenças em animais de estimação tem motivado, cada dia mais, a procura por planos de saúde especializados em pets. Com valores que variam entre R$ 14,99 e R$ 307,99, o serviço cobre vacinas, exames, consultas e cirurgias. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Continua depois da publicidade

Estimativas divulgadas pela Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) mostram o Brasil tem cerca de 81 milhões de cães e gatos. Consultas e exames preventivos ampliam a expectativa de vida dos pets, segundo o veterinário Raphael Clímaco. 


Mas como escolher plano de saúde para pet?


Continua depois da publicidade

Diretor veterinário da Plamev Pet, plataforma de saúde para cães e gatos, Clímaco, diz que o tutor deve estar atento, além do preço, à cobertura incluída em cada modalidade e opção de rede credenciada. “Por ser um mercado em crescimento no Brasil, os responsáveis pelos pets também precisam observar o tempo de atuação da empresa e a reputação do serviço oferecido", explica.

Além do atendimento preventivo, o plano escolhido deve contemplar suporte para emergências, assegurando acesso ao tratamento ideal quando o animal mais precisa. “Com um bom preço, serviço de qualidade e cobertura de procedimentos, o pet já tem quase tudo, mas é preciso pensar em quais clínicas e hospitais atendem pelo plano”, argumenta Clímaco. 


"Quando o pet fica doente, toda família sofre junto, com medo de perder seu bichinho. Com o reembolso o tutor tem a segurança de poder escolher a clínica de sua confiança e garantir o melhor atendimento para o animal de estimação", comenta Pedro Svacina, CEO da Plamev Pet.

O executivo também destaca que, além da tranquilidade, o plano de saúde para pet também ajuda a evitar gastos. Ele cita alguns exemplos, como os filhotes, que dependem de check-up e vacinas com mais regularidade. 

"Algumas raças possuem predisposição à comorbidades genéticas ou histórico de doenças crônicas, o que exige maior atenção e, por vezes, mais gastos com consultas e exames, por isso quando o tutor soma o valor investido em procedimentos e compara com a mensalidade percebe que o plano de saúde pet é muito mais vantajoso", finaliza.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade