Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Luto na igreja católica

Papa Francisco lamenta morte de dom Geraldo Majella: 'Profundo pesar'

Redação Bonde com Ansa Brasil
28 ago 2023 às 10:29
- Guto Honjo/Arquidiocese de Londrina
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O papa Francisco lamentou no domingo (27) a morte do cardeal Geraldo Majella Agnelo, ex-presidente da CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil).


O arcebispo emérito de São Salvador da Bahia faleceu no último sábado (26), aos 89 anos, em Londrina.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


"Tendo recebido com profundo pesar a notícia do falecimento do eminentíssimo cardeal Geraldo Majella Agnelo, quero assegurar-lhe dos sufrágios que elevo ao altíssimo pelo eterno descanso do venerável prelado", afirma um telegrama enviado pelo Papa ao atual arcebispo de Salvador, cardeal Sérgio da Rocha.

Leia mais:

Imagem de destaque
Trajeto mais adequado

Viaduto da PUC congestiona Av. Tiradentes e melhor acesso à ExpoLondrina será a PR-445

Imagem de destaque
Duas vezes por semana

Entregas dos Correios nos distritos de Londrina são retomadas nesta quinta-feira

Imagem de destaque
Mutirões mensais

Hoftalon reduz prazo para cirurgias de catarata de pacientes já autorizados pelo SUS

Imagem de destaque
Conscientização

Polícia Militar apreende quatro carros e uma moto em blitz em Londrina


"Minhas preces são também de gratidão a Deus pelos longos anos de seu dedicado serviço à Santa Mãe Igreja, sempre pautado pelo zelo apostólico, nas diversas missões que lhe foram confiadas. Como penhor de consolação e de esperança na vida eterna, envio a Vossa Eminência e a todos os que se unem em oração pelo eterno descanso de dom Geraldo Majella a bênção apostólica", diz Francisco.

Publicidade


O cardeal brasileiro sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) em dezembro de 2022 e, desde então, o estado de saúde dele vinha se agravando.


Nascido em 19 de outubro de 1933, em Juiz de Fora (MG), dom Geraldo foi bispo de Toledo (Oeste), arcebispo de Londrina, arcebispo primaz do Brasil e arcebispo de São Salvador da Bahia.


Na CNBB, ocupou diversos cargos entre 1983 e 1999, assumindo a presidência da entidade entre 2003 e 2007.


Também integrou o Pontifício Conselho para a Pastoral dos Migrantes e a Pontifícia Comissão para os Bens Culturais da Igreja, no Vaticano, e participou de dois conclaves: o de 2005, que elegeu Bento XVI, e o de 2013, que escolheu Francisco.


Imagem
Mais de 1.300 pessoas se despedem de Dom Geraldo Majella Agnelo neste domingo
Mais de 1.300 pessoas compareceram à Catedral Metropolitana de Londrina até a tarde deste domingo (27) para se despedir de Dom Geraldo Majella Agnelo, arcebispo emérito de Salvador (BA) e ex-presidente da CNBB.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade