25/10/20
Tarde de quinta

Tremor de magnitude 1,8 faz fórum antigo de Londrina ser evacuado

O fórum antigo de Londrina, no Centro Cívico, em frente à prefeitura, foi evacuado no início da tarde desta quinta-feira (21) por causa de um novo tremor registrado na cidade. O estrondo foi percebido por diversos funcionários e visitantes do prédio, que na sequência deixaram o local assustados. O abalo teve magnitude de 1,8 grau na escala Richter.

De acordo com o professor de Geologia da Universidade Estadual de Londrina (UEL) José Paulo Pinese, que acompanha a medição realizada desde o início do mês por técnicos da Universidade de São Paulo (USP), o tremor foi registrado às 14h13.


Os especialistas do Centro de Sismologia da USP analisaram o histórico desta tarde com informações obtidas das estações de Pitanga (88 km ao norte de Guarapuava) e Pacaembu (em São Paulo), além de dados enviados por um dos quatro sismógrafos instalados em Londrina. A longitude e latitude apontam que o epicentro deste tremor teria sido o Jardim Aragarça, nas proximidades do aeroporto Governador José Richa, na zona leste. "Constatamos preliminarmente que foi um abalo de magnitude 1,8 grau na escala Richter. Ainda estamos baixando as informações da estação de Fartura (SP) para poder dimensionar melhor. Como não obtivemos os dados das outras três estações de Londrina, que estão sofrendo problemas de transmissão e de sinal [elas operam com internet móvel], deixando gaps [lacunas] na aferição, a localização do epicentro não está 100% certa, pode ter sido em outro ponto em um raio de até 5 km", informa o técnico em sismologia do centro da USP José Roberto Barbosa, que tem acompanhado de perto a situação da cidade.

Barbosa pede à população que utilize o site do centro para poder reportar os locais em que os tremores são percebidos. "Se as pessoas passarem sua localização e o horário em que sentiram o abalo, poderemos determinar com mais precisão o epicentro. Nosso objetivo é diminuir a imprecisão e chegar aos dois ou três epicentros que há em Londrina. Com estas informações, será possível saber o que está acontecendo", detalha. Clique aqui para entrar na página do Centro de Sismologia da USP utilizada para reportar ocorrências.

Desde o final do ano passado, foram registrados tremores que atingiram 1,8 e 1,9 na escala, além de abalos menores que ficaram próximos de 1,5. "Quando é sentido em diversas partes da cidade, significa que já atingiu 'um vírgula alguma coisa' na escala", explica Barbosa.

Em nota divulgada pela Prefeitura de Londrina, José Paulo Pinese informou que até a próxima segunda-feira (25) a USP deverá enviar um novo relatório a respeito dos tremores percebidos por moradores do Jardim Califórnia e outros bairros.

Fórum

O Corpo de Bombeiros foi acionado e informado sobre a presença de rachaduras em algumas paredes do fórum. A equipe de engenharia da Companhia de Habitação de Londrina (Cohab) esteve no local para verificar os possíveis estragos e avaliar a estrutura do edifício. O projeto estrutural foi requerido junto à direção do fórum. "Os engenheiros estão levantando a documentação para poder ter mais dados e precisão na análise. A princípio, o fórum não está interditado e aguardamos o laudo técnico para poder tomar as medidas necessárias", diz o secretário municipal de Defesa Social e coordenador da Defesa Civil, coronel Rubens Guimarães. O edifício permaneceu fechado durante toda a tarde de quinta.

Erivelton Afonso/WhatsApp Grupo Folha
Erivelton Afonso/WhatsApp Grupo Folha


Segundo a advogada Beatriz Piero Bon Almeida, que trabalha na Promotoria da Infância e da Juventude, o tremor foi percebido com intensidade nos pavimentos mais baixos do fórum. "Nós que estávamos no último andar não sentimos nada, mas pessoas que trabalham nos primeiros andares disseram que houve um estrondo bastante alto e alguns computadores chegaram a tremer", afirma. Todos foram retirados do prédio e dispensados do trabalho cerca de meia hora depois. Atualmente, o fórum antigo abriga as varas criminais e de infância e juventude.

O diretor do fórum, juiz Luiz Valério dos Santos, confirmou a presença de rachaduras e garantiu a reabertura nesta sexta (22). "Decidimos evacuar o prédio porque não sabíamos o que estava acontecendo. Foi uma medida de segurança. Está sendo feita uma avaliação técnica, mas o fórum deverá ser reaberto amanhã", disse durante entrevista coletiva nesta tarde.

Erivelton Afonso/WhatsApp Grupo Folha
Erivelton Afonso/WhatsApp Grupo Folha


O tremor também foi sentido em outros bairros de Londrina, entre eles os jardins Novo Aeroporto e Califórnia, ambos na zona leste. O último tem sido o epicentro dos registros desde dezembro do ano passado. A Defesa Civil pede que os moradores reportem as ocorrências pelo telefone 153, atendido 24h por dia pelos agentes da Guarda Municipal.


Auber Silva - Redação Bonde
Continue lendo
2º nome barrado em Londrina

Barbosa Neto tem candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral

25 OUT 2020 às 19h26
Filtro do voto

Plataforma ajuda a escolher e acompanhar vereadores

25 OUT 2020 às 17h36
UFPR

Pesquisa investiga transmissão de covid-19 entre homens e animais

25 OUT 2020 às 13h31
Obituário

Falecimentos dos dias 24 e 25 de outubro em Londrina e região

25 OUT 2020 às 11h46
Participantes reagem

Policia Militar encerra festa clandestina na Bratac

25 OUT 2020 às 09h20
Em Campo Mourão

Homem é flagrado com esmeraldas sem documentação na BR-369

24 OUT 2020 às 15h25
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados