Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Desacordo comercial

Irmão acusado de furtar empresa de irmã a agride e acaba preso em Apucarana

Redação Bonde
10 jul 2024 às 12:45
- Divulgação/PMPR
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um homem foi preso após ser acusado de ameaçar e agredir a própria irmã em Apucarana, no Centro-Norte do Paraná, na manhã desta terça-feira (9).


De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi acionada pela vítima, que relatou que tudo começou com um desacordo comercial entre si e o irmão. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Segundo a mulher, que é dona de uma empresa, o irmão estaria trabalhando no local, porém, teria começado a chegar atrasado e não estaria cumprindo com suas obrigações. Diante disso, a vítima teria dispensado o irmão.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crime ocorrido em 2023

Polícia conclui que casal foi morto por engano enquanto dormia em Ponta Grossa

Imagem de destaque
Havia registrado BO

Jovem é encontrada morta com bebês ao lado em Sarandi; marido fugiu do local com arma

Imagem de destaque
Tudo começou por ciúmes

Discussão em chá de bebê termina com homem atirando sete vezes contra carro em Apucarana

Imagem de destaque
Foi denunciado

Homem invade agência bancária pelo telhado, furta itens e acaba preso em Sabáudia


Imagem
Jovem fica gravemente ferido após capotar caminhonete no Norte do Paraná
Um jovem de 22 anos ficou gravemente ferido após capotar a caminhonete que conduzia na PR-092, em Abatiá, no Norte do Paraná, na madrugada desta quarta-feira (10).


A irmã contou aos policiais que teria um valor para receber de um cliente, mas que o irmão, com informações da empresa, entrou em contato com o consumidor e recebeu o pagamento em seu nome.

Publicidade


Diante disso, a vítima teria ido até a casa do irmão para pedir a devolução do dinheiro. Nesse momento, o homem teria agredido a irmã com um tapa no rosto. O irmão teria, ainda, ameaçado a mulher, dizendo que a mataria caso chamasse a polícia.


Os policiais perceberam que, durante o atendimento à ocorrência, a vítima estava com o rosto vermelho e lesionado do lado esquerdo.


Dessa forma, os agentes foram até a casa do acusado e o prenderam pela suspeita de agressão. O homem foi encaminhado até a Delegacia.


Imagem
Paraná registra 5.825 casos de violência contra crianças e adolescentes no 1° semestre de 2024
O ECA completa 34 anos nesta semana. Publicado em 13 de julho de 1990, o estatuto é considerado um marco por definir direitos e ferramentas para garantir o acesso à saúde, educação, lazer e esporte a crianças e adolescentes de 0 a 18 anos.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade