Pesquisar

Canais

Serviços

- Guilherme Pucci
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Praticidade

Saiba como aproveitar uma área de serviço compacta

Redação Bonde com assessoria de imprensa
28 jan 2022 às 08:00
Continua depois da publicidade

Cada vez mais, há ambientes pequenos e práticos. A grande maioria dos apartamentos conta com uma área de serviço pouco espaçosa, muitas vezes em função da ausência de um bom planejamento arquitetônico. Mesmo assim, é possível não ter que abrir mão e sim, montar uma lavanderia compacta e funcional para o lar. A arquiteta Júlia Guadix mostra como é possível incluir o cômodo no imóvel com soluções simples e eficientes.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

 

Continua depois da publicidade

“Eu sou do pensamento que o morador deve ter a liberdade de conciliar a rotina de lavar suas roupas em casa. Assim, sempre afirmo que, com um estudo bastante preciso, podemos incluí-lo no projeto e, ainda por cima, trabalhar para deixar o local funcional e elegante”, afirma.

 

A lavanderia compacta conta com alguns itens essenciais: uma máquina (de lavar, ou as conhecidas lava e seca), uma pequena bancada, um tanque e um armário para guardar produtos de limpeza e outros objetos. Quando trabalhamos com pouco espaço, não podemos ter coisas desnecessárias, cada centímetro é valioso.

Continua depois da publicidade

 

Para armazenar e organizar produtos de limpeza e demais itens, como esponjas, panos, bacias, flanelas e pregadores, a instalação prateleiras é uma ótima opção. Outra possibilidade também é destinar uma parede para a colocação de nichos. Além disso, caixas e cestos para guardar itens menores são adicionais que permitem o fácil acesso no dia a dia.

Caso a lavanderia conte com um espaço um pouco maior, uma alternativa legal é investir em uma marcenaria planejada para dispor os itens e adicionar um toque de decoração. “Antes de inserir os armários, minha dica é tirar todas as medidas e estudar de maneira detalhada. É muito importante verificar se há a circulação necessária para entrar com a máquina de lavar e para abrir a porta da mesma no dia a dia. Assim, o morador não terá dores de cabeça no futuro, nem se preocupará com a troca do móvel”, aconselha a arquiteta.

 

Para aqueles que não têm uma lava e seca, um mecanismo eficaz para estender as roupas deve ser analisado. O mais recomendado é investir no varal de teto, já que ele fica suspenso na área de serviço. No entanto existem outras opções como as versões de piso ou o ‘mágico’. O principal objetivo é que com a escolha certa, o morador possa circular no local, estender e retirar as peças de forma confortável.

 

Em certos casos, é preciso retirar um pedaço da área de serviço para o aproveitamento em outro espaço. Como, por exemplo, retirar o tanque de louça e substituir por uma bancada de pedra com uma versão em embutida do tanque em inox ou esculpido na própria pedra. Para aproveitar ainda mais cada centímetro, a máquina de lavar pode ser incorporada abaixo da bancada. No espaço aéreo, o morador pode inserir as prateleiras para guardar os itens de limpeza, bem como na parte inferior do tanque ou da bancada, onde armários são muito bem-vindos.

 

É possível também deixar o ambiente lindo com um toque de decoração, afinal não é porque é lavanderia que deve ser sem graça! É interessante investir em quadros, flores e vasos com plantinhas, entre outras possibilidades. Nesse quesito, vale também avaliar a paleta de cores: tonalidades mais claras contribuem para a impressão de um lugar mais limpo e com amplitude.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade