Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Futebol fora de campo

10 out 2003 às 10:59
Publicidade
Publicidade

Olá, amigos do esporte! Está se tornando comum entre os torcedores a crença que neste Campeonato Brasileiro de futebol para um time se dar bem mais vale um bom advogado que um bom atacante. Este Brasileirão está sendo quase mais disputado no ''Tapetão'' do STJD do que dentro do campo. Mais uma vez a culpa é quase sempre da incompetência da CBF que desacreditou seus próprios documentos.

A maioria das questões julgadas pelo STJD diziam respeito a atletas que estariam jogando irregularmente. Mas era a própria CBF que dava condições de jogo. Para esclarecer, vamos ler o que diz o regulamento do Brasileirão sobre as condições de jogo dos atletas:

Publicidade
Publicidade


Art. 7º - Após a realização da primeira rodada poderão participar da competição os atletas cujos nomes constem do BID publicado até às 19 horas da véspera do intervalo mínimo de três dias úteis antes da realização de cada partida.

Leia mais:

Imagem de destaque

Futebol é para rico!

Imagem de destaque

O Estatuto do torcedor e os lugares marcados

Imagem de destaque

Atlético burla código do torcedor

Imagem de destaque

A banha de Ronaldo


O BID, citado acima significa Boletim Informativo Diário, em que a CBF divulga os atletas que teriam condições de jogo. Em todos os casos julgados de irregularidades, a CBF dava condições aos jogadores pois divulgava o nome deles no BID. Se havia qualquer dúvida sobre os jogadores dos clubes punidos, o nome deles não poderia aparecer no boletim. Não é, como diria Nelson Rodrigues, um óbvio ululante?

Publicidade


É por essas e outras que por vezes é melhor ter um bom advogado do que um bom centroavante cujo nome apareça no BID. Ainda bem que está aí o Cruzeiro, que só joga bem dentro de campo e pode ser o campeão.


Futebol social
Nem sempre o extracampo é ruim no futebol. Nesta semana temos bons exemplos de ações sociais feitas através do esporte. Nesta quinta-feira, por exemplo, jogadores do Atlético, Coritiba e Paraná Clube estarão trocando bolas de futebol, futsal e vôlei por armas de brinquedo no Colégio Estadual Santa Rosa, no bairro Solitude, que é um dos que apresentam alto índice de criminalidade em Curitiba.

Publicidade


Fome de gol
A próxima rodada do Brasileirão será recheada de clássicos e também será a do fome zero. Os torcedores estão sendo convidados a ir ao estádio com um quilo de alimento não perecível para ser doado a entidades assistenciais. Os generosos torcedores esperam que, com a boa ação cumprida, os jogadores tenham fome de gol e que não haja zero a zero.


Coxa parque
Em comemoração ao aniversário de 94 anos do Coritiba e também ao dia das crianças, neste sábado, das 10 às 17 horas, estará acontecendo no estacionamento do Estádio Couto Pereira o ''Coxa Parque 2003 no Programa Vida Saudável''. Ali acontecerão várias atividades de caráter recreativo e também social. Novamente é o futebol se integrando à sociedade.

Piriri
Vários jogadores do Paraná Clube passaram pelo constrangimento de um desarranjo intestinal pouco antes do jogo com o Flamengo, em pleno Maracanã. Mesmo assim, venceram tranquilamente por 3 a 0. Afinal, qual era o time de m...?


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade