Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação

De Trader A Diretor De Operações De Uma Corretora

CV Bonde
09 ago 2021 às 14:13

Sobressair no mundo de trading, que se generalizou com a chegada das redes sociais e a possibilidade de o realizar à distância, não parece uma tarefa fácil. Porém, a história deste latino-americano mostra que com muito trabalho e criatividade isso é possível. Hoje falamos com Iván Marchena, para saber mais sobre suas origens neste mundo e como ele se tornou Diretor de Operações da corretora Arum Trade.

A história de Iván é como a de milhões de latino-americanos que não nasceram com uma colher de prata na boca. Marchena nasceu em uma família modesta no Peru e desde muito jovem decidiu aplicar toda a sua criatividade e esforços para poder ter acesso a um estilo de vida melhor para si e seus familiares. E ele conseguiu, já que seu início no trading foram alguns passos tímidos e atualmente, Iván administra dois dos fundos de investimento mais rentáveis ​​que a corretora Arum Trade possui.


Começos no mundo de trading institucional e posicionamento de empresas
Os números falam por si e por Ivan, que usou os serviços de corretagem do maior banco privado da Rússia, o Alfa Bank. É convidado pelo Gabinete de Operações de Stock e OTC deste mesmo para fazer parte da sua equipa de traders.


"Lá me treinaram na parte institucional. Muitas vezes como trader não se conhece o negócio por dentro. Lá eu aprendi, me mandaram para a bolsa de Moscou, fiquei um ano lá e depois fui trabalhar em consultoria e passei a administrar fundos de investimento”, diz o jovem trader.


Desde então, Marchena se dedica exclusivamente ao trabalho com corretoras. A primeira a contratá-lo foi a Alpari Limited, que pretendia entrar na América Latina. Com apenas 6 meses de gestão com sucesso, a competição o puxa. ForexClub, empresa que passou por uma fase de rebranding durante a gestão de Marchena e hoje leva o nome de Libertex, que é sua casa há quase 3 anos.


Em busca de um parceiro para agregar valor à região, ele se depara com um anúncio da Arum Trade. Onde a empresa recruta externamente traders lucrativos para administrar fundos mútuos. Após um rigoroso processo seletivo, Marchena conquistou o cargo e em maio de 2019 passou a administrar 2 fundos de investimento, Arum Segur e SunInvert.


Como funcionam esses fundos de investimento?
Marchena começou como trader externo da Arum Trade, prática muito comum no setor, segundo o entrevistado. Após passar pelo processo seletivo, a empresa concede capital para operar. Era um capital de 60.000 dólares, com o qual o peruano decidiu abrir dois fundos. Um deles se chama Arum Segur, onde começou com $50.000 e o outro Suninvert, com $10.000.


Criados em maio de 2019, os fundos têm se mostrado rentáveis ​​e cada um é administrado com estratégias diferentes traçadas pelo próprio Marchena. Após comprovar a eficácia da estratégia há pelo menos dois anos, a empresa decidiu disponibilizar os recursos ao público para quem deseja investir.


A estratégia criada pelo executivo passou a ser administrada por algoritmos de negociação, sob o controle de uma equipe de analistas e um serviço de negociação, que garante a performance estável dos fundos.


A Arum Segur segue uma estratégia mais conservadora, apresentando rentabilidade mensal garantida de 5%, com baixo risco. Desde que começou a operar, não teve perdas, mesmo com o mercado em baixa. Para saber mais sobre o desempenho do fundo, você pode consultar esta auditoria externa.


Já o Suninvert tem uma taxa de retorno maior, mas segue uma estratégia mais arriscada. É por isso que Marchena recomenda como fundo a saída de capital a médio e longo prazo. Para verificar o seu desempenho, também está na sua auditoria.


Desde a gestão de fundos na Arum Trade até se tornar seu Diretor de Operações
Paralelamente à gestão de fundos na Arum Trade, Marchena desenvolvia os negócios de várias empresas, com destaque para a Australian Exchange PrimeXBT. Onde após apenas 7 meses de gestão como vice-presidente de operações para a América Latina, ele consegue se posicionar como uma referência.


Arum Trade, vendo todo o trabalho feito por Marchena em outras empresas, sem hesitar o convida a fazer parte de seu conselho de administração. A condição de Marchena era inegociável: ele queria oferecer mais do que um bom serviço de corretora para os latino-americanos, queria trazer ferramentas gratuitas para que eles próprios se tornassem traders lucrativos.


"A minha ideia, que a empresa atualmente está compartilhando comigo, é criar um canteiro de talentos. Porque eu sei que existe talento na América Latina e não só no futebol”, ri o jovem executivo.


Arum Carreiras? De que se trata?
"Oferecemos webinars gratuitos, fazemos ao vivo no Zoom e depois postamos em nosso canal no YouTube. Nos webinars convidamos traders já experientes que administram fundos na empresa para que todos possam ver como eles operam. Mostramos tudo, não escondemos nada. Mostramos os lucros e também os riscos que existem”, diz Marchena.


Pessoas que já estão em negociação podem comparar sua estratégia com a de outro investidor e podem até copiar essa estratégia. Em nossa comunidade no Telegram, a data do webinar ao vivo é anunciada e, em seguida, a gravação é publicada no YouTube para quem não conseguiu se conectar ao vivo.


Mesmo que a empresa não seja uma academia de trading, oferece cursos mais especializados, mas apenas para seus clientes. Para ser um cliente, você deve ter uma conta financiada com um valor não inferior a 50 dólares.


É possível repetir a história de sucesso de Marchena e administrar um fundo de investimentos com Arum Trade?
Segundo Marchena, a empresa busca traders lucrativos que possam desenvolver suas habilidades dentro da empresa.


"Queremos dar a oportunidade aos traders da região que são talentosos, que estudam há muitos anos, são autodidatas, mas não têm dinheiro. Daríamos a eles a oportunidade e os poderemos promover em webinars”, diz Iván .


O executivo explica que o primeiro passo é passar em uma prova teórica de 13 questões em um bot de telegram. Se você passar neste teste, receberá $1.000 para negociar. É aqui que entra a parte mais difícil, pois você tem que mostrar uma lucratividade de 9% por 3 semanas. Além disso, você tem que saber administrar riscos, não pode perder mais de 1% em um dia, ou 2% na semana.


"Queremos negociantes experientes e rentáveis. Somos muito rigorosos no processo de seleção, pois são essas pessoas que vão gerir o dinheiro da empresa e dos nossos clientes”.


Se você não passar neste teste, a empresa lhe dará uma segunda chance. Mas, neste caso, você deve usar seu próprio dinheiro e Arum Trade lhe dará apenas 50% do que você colocar. Caso queira sacar, pode pegar seu dinheiro e seus ganhos, mas não o bônus que a empresa lhe deu.


"É importante entender que o capital dos clientes da empresa, que confiaram em nós para administrar seu dinheiro, não pode ser entregue a qualquer um”.

Assim que o trader passa no processo de seleção, o departamento de Recursos Humanos entra em contato com ele e lhe oferece um salário líquido de $1.500 por mês, mais 25% dos lucros que ele gera com o capital que Arum Trade lhe fornece para operar.


Continue lendo